Casal mata idoso e se esconde por três meses em mata no interior de Minas Gerais

Adolescente emagrece 35 quilos durante o período de reclusão em casa improvisada

Por Plox

28/05/2024 10h17 - Atualizado há cerca de 2 meses

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) localizou o corpo de um idoso de 64 anos, desaparecido desde o fim do ano passado, em uma mata no distrito de São Sebastião do Monte Verde, em Lima Duarte, Zona da Mata. O corpo foi encontrado na última quinta-feira (23) e, segundo a delegada Camila Miller, os principais suspeitos são a ex-companheira da vítima, de 54 anos, e seu atual marido, de 57 anos. Ambos foram presos no início de maio deste ano.

PCMG Divulgação

Crime e fuga

Os familiares relataram o desaparecimento do idoso, da ex-companheira, do filho dela de 15 anos, e do atual marido no final de dezembro de 2023. Conforme investigações, na noite de 16 de dezembro, o casal foi até a casa da vítima para discutir a posse de uma propriedade em Chácara, onde o atual marido da mulher teria golpeado a vítima na cabeça com um pedaço de pau, causando a morte instantânea.

Escondidos na mata

Após o crime, o casal destruiu os celulares, trocou de carro e se escondeu em uma mata próxima ao município de Liberdade, no Sul de Minas. Durante três meses, eles viveram em uma construção improvisada de pau a pique, levando o adolescente a emagrecer cerca de 35 quilos devido às condições de isolamento e sobrevivência na mata. “O adolescente não aguentava mais o isolamento e a vida na mata, o que obrigou o casal a procurar outro esconderijo”, relatou a delegada.

Descoberta e prisão

Em busca de um novo refúgio, o casal caminhou mais de 70 quilômetros até uma fazenda próxima a Santa Rita do Jacutinga, onde o homem já havia trabalhado anteriormente. No entanto, uma denúncia anônima levou a polícia até eles no dia 9 de maio, resultando em sua prisão.

Após a prisão, o homem, familiarizado com a área, guiou os policiais ao local onde havia enterrado o corpo da vítima. Com o apoio dos bombeiros militares, o corpo foi recuperado.

Adolescente sob cuidados

O adolescente, que não participou do crime, está agora sob os cuidados de um familiar, conforme informou a polícia. As investigações continuam, e os suspeitos estão sendo processados pelo assassinato.

Destaques