Chuva intensa danifica ponte que dá acesso ao Aeroporto de Guarulhos e interdita passagem

Estrutura cede durante temporal e interdição causa transtornos para pedestres; Prefeitura promete adiantar construção de passarela

Por Plox

28/05/2024 10h09 - Atualizado há cerca de 1 mês

Uma forte chuva no último final de semana (25 e 26 de maio) causou o fechamento de uma ponte para pedestres que liga a Rua Jamil João Zarif ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. A estrutura cedeu, obrigando a interdição da passagem na segunda-feira (27).

Foto: Reprodução/TV Globo

Ponte fechada após temporal

Moradores da região enviaram vídeos à TV Globo, mostrando a ponte danificada e postes caídos após o temporal. Segundo relatos, o maior problema agora é a necessidade de usar um caminho alternativo que passa pelo Terminal de Ônibus Taboão, situado a aproximadamente três quilômetros de distância.

Relatos de moradores

"Eu estranhei que o ponto estava vazio. Esse horário tem bastante funcionário entrando, e eu não sabia de nada. Me pegou de surpresa. Agora vou ter que voltar, dar a volta pelo trem, voltar no terminal São João para descer do lado de cá. Dá uns 50 minutos", relatou um morador, destacando o impacto da interdição no deslocamento diário.

Ação da Prefeitura

A Prefeitura de Guarulhos informou, em nota, que a ponte seria desmontada para obras de macrodrenagem no local e uma passarela estava planejada para ser instalada. Devido ao problema ocorrido, a Secretaria de Obras decidiu adiantar a construção dessa passarela para minimizar os transtornos causados pela interdição.

Histórico da ponte

Desde 2010, a ponte estava restrita ao uso por funcionários e veículos de emergência do Aeroporto de Guarulhos. Posteriormente, foi liberada ao público geral, servindo como atalho para a Rodovia Hélio Smidt e Dutra, por onde passavam cerca de 17 mil veículos por dia. Em 2013, devido às obras do Terminal 3 do aeroporto, a ponte foi fechada e, a partir de 2014, somente pedestres, especialmente funcionários do aeroporto, utilizavam a passagem.

Medidas de segurança

Um relatório da Polícia Rodoviária Federal de maio de 2017 destacou a necessidade de fechamento da ponte ao tráfego de veículos devido ao fluxo intenso, reforçando a decisão de manter o acesso apenas para pedestres. A recente interdição da estrutura reflete a contínua preocupação com a segurança e a adequação da infraestrutura para os usuários

Destaques