Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Fabriciano vai ganhar laboratório de biologia molecular 100% SUS

    A iniciativa da administração municipal visa dar celeridade aos resultados dos diagnósticos por meio da técnica Real Time PCR, que é considerado o método mais eficaz para detectar o vírus

    Por Plox

    28/07/2021 17h59 - Atualizado há 3 meses

    A Prefeitura de Coronel Fabriciano está prestes a inaugurar seu próprio laboratório de Biologia Molecular para realização de diagnósticos da covid-19 e outras doenças. A unidade, em fase final de implantação, fica no Hospital Dr. José Maria Morais, onde foram investidos mais de R$1 milhão em obras e aquisição de equipamentos. A iniciativa da administração municipal visa dar celeridade aos resultados dos diagnósticos por meio da técnica Real Time PCR (PCR em Tempo Real – RT/PCR), que é considerado o método mais eficaz para detectar o vírus.

    O Laboratório de Biologia Molecular do HJMM possibilitará o resultado do exame em menos de uma hora e fará a comunicação imediata dos resultados com o envio dos dados ao sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), desenvolvido pela Coordenação Geral de Laboratório de Saúde Pública (CGLAB), em parceria com o DATASUS e a Secretaria de Vigilância em Saúde. Com o início das operações do Biomol, o Hospital Dr. José Maria Morais poderá traçar padrões epidemiológicos a partir dos resultados coletados e diagnosticar doenças, como Dengue, Zika, Chikungunya, meningite, leishmaniose e febre amarela rapidamente.

    A chegada do laboratório é uma conquista da saúde pública do Leste de Minas Gerais, segundo avaliação do prefeito Dr. Marcos Vinicius, que identificou a necessidade do investimento ao se deparar com grandes atrasos no envio de resultados de exames dessas doenças. “A situação, que se agravou com a chegada da pandemia do novo coronavírus, é real há décadas, uma vez que os municípios mineiros não contam com estrutura parecida e dependem de Belo Horizonte e até outras capitais distantes para realização dos laudos de arboviroses e, agora, da covid-19”, disse o prefeito.

    “Nós estamos concluindo um investimento que vai mudar a saúde da nossa cidade. Em poucos minutos e de uma forma exata o profissional da saúde poderá diagnosticar e tratar de forma correta a patologia do paciente, sem depender dos atrasos dos exames e vamos atender não só Coronel Fabriciano, mas todos os municípios da microrregião que precisam e muito desse serviço 100% SUS”, conclui Dr. Marcos.

    O laboratório possui três setores nas dependências do HJMM. São eles: Setor A – Extração e detecção de DNA e RNA; Setor B – Preparação de PCR; Setor C – Armazenamento de reagentes e amostras e suporte administrativo.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]