PM alerta para golpe do cartão clonado

Por Plox

28/08/2019 17h42 - Atualizado há mais de 4 anos

Para não ser vítima de quaisquer tipos de ações criminosas, os clientes devem estar sempre atentos e utilizar as soluções de segurança oferecidas pelo banco, optando, sempre que possível, por terminais eletrônicos com biometria e pelo uso de equipamentos confiáveis para transações via internet ou mobile banking, além de manter seus números de contato atualizados junto ao banco.

Um dos golpes utilizados, começa com uma ligação ao cliente, de uma pessoa se passando por funcionário do banco, dizendo que o cartão foi clonado e que é preciso bloqueá-lo imediatamente. Para isso, bastaria cortá-lo ao meio e pedir um novo pelo atendimento eletrônico. 

Divulgação PMcartoes1

O falso funcionário pede a senha, e fala que, por segurança, um funcionário do banco (falso funcionário) irá  buscar o cartão na residência. 

O que o cliente não sabe é que, com o cartão cortado ao meio, o chip permanece intacto, e é possível realizar diversas transações.

Entretanto, o crime tem se modificado de acordo com os meios tecnológicos, sendo assim, fique atento: nenhum banco pede o cartão de volta ou se oferece para retirá-lo. Então, desligue o telefone e consulte seu gerente sobre alguma irregularidade. Visite sua agência bancária regularmente. 

Destaques