Fábrica da Ford encerra produção nesta quarta-feira

28/10/2019 20:32

A unidade do ABC Paulista é operada pela empresa desde 1967

Publicidade

Nesta quarta-feira (30), a produção na fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo-SP será encerrada.


A empresa irá demitir cerca de 600 funcionários diretos, que ainda trabalham na linha de montagem. A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.


A fábrica, que é operada pela Ford desde 1967, será desativada temporariamente, enquanto não existe definição nas negociações com a Caoa, que tem a intenção de adquirir as instalações, para produzir veículos da própria Ford, que receberá royalties dos automóveis feitos pela empresa.

ford-sao-bernardoFoto: divulgação


Em reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo", no dia 17 deste mês, Henrique Meirelles, secretário da Fazenda e do Planejamento do Estado paulista, disse que o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono da Caoa, ainda buscava financiamento para efetivar o negócio.


A Caoa planeja absorver aproximadamente 750 funcionários para manter no ABC a fabricação de caminhões Ford sob licenciamento, e planeja fabricar um automóvel de passeio na unidade paulista. Uma das maiores revendedoras autorizadas da Ford, a Caoa mantém fábricas em Anápolis (GO), de onde saem os SUVs Tiggo 5X e Tiggo 7, da Chery, e também os utilitários esportivos ix35 e New Tucson, da Hyundai; e em Jacareí, no interior paulista, responsável pela produção do sedã Arrizo 5 e do SUV Tiggo 2, ambos da Chery.


Fechamento
A Ford anunciou em fevereiro iria encerrar as atividades na unidade do ABC Paulista até o fim deste ano. Cerca de 1,2 mil colaboradores diretos já foram desligados.
 



Publicidade