Brasil adiciona mais de 130 mil empregos com carteira assinada em novembro, revela Novo Caged

Ministério do Trabalho anuncia aumento de empregos com carteira assinada e destaca mudanças metodológicas

Por Plox

28/12/2023 14h38 - Atualizado há 5 meses

O Brasil viu a geração de 130.097 empregos formais em novembro de 2023, conforme dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O anúncio, realizado nesta quinta-feira (28), marca um momento significativo para o mercado de trabalho brasileiro.

 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os detalhes do levantamento foram apresentados em uma coletiva que contou com a presença de Francisco Macena, secretário-executivo do Ministério, e Felipe Vella Pateo, subsecretário substituto de estudos e estatísticas.

O Novo Caged, que foca nas vagas formais, permite atualizações retroativas de contratações e desligamentos realizados por empresas. Importante salientar que o levantamento não abrange o mercado de trabalho informal, diferentemente de estudos como a Pnad Contínua, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Desde janeiro de 2020, o processo de transição do Sistema do Caged para o eSocial vem sendo implementado gradualmente. Com isso, todas as empresas brasileiras passaram a ser obrigadas a informar as movimentações de empregados formais através do eSocial. Essa mudança metodológica resultou na integração dos dados do eSocial, Caged antigo e Empregador Web no Novo Caged, ampliando a precisão e a abrangência das informações sobre o emprego formal no país.

Destaques