O que fazer se ganhar na Mega Sena? Saiba como resgatar o dinheiro

Dicas essenciais para os novos milionários: do reconhecimento do bilhete até o resgate seguro do prêmio

Por Plox

28/12/2023 11h46 - Atualizado há 5 meses

Com a aproximação do final de ano, as expectativas em torno do sorteio da Mega Sena aumentam significativamente no Brasil, principalmente devido ao valor acumulado recorde durante o Réveillon. Para garantir que os sortudos possam desfrutar de suas novas fortunas com segurança e discrição, trazemos um guia completo sobre como resgatar o prêmio da Mega Sena.

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

 

O primeiro passo é a identificação do bilhete premiado. A Caixa Econômica Federal recomenda que o apostador anote no verso do bilhete seu nome completo, CPF, endereço e assinatura. Essa medida é crucial para prevenir fraudes e confirmar a propriedade do bilhete.

No momento do resgate, é fundamental estar com o bilhete original e todos os documentos necessários. Valores até R$ 1.903,98 podem ser retirados nas casas lotéricas, enquanto prêmios maiores exigem uma visita às agências da Caixa Econômica Federal. Lá, os funcionários são treinados para assegurar um atendimento discreto e isolado, mantendo em sigilo até mesmo a cidade e o sexo do ganhador.

Além disso, é essencial manter o bilhete em bom estado, pois o prêmio só é pago se o código da aposta estiver visível e intacto. O vencedor deve também estar com os dados pessoais anotados no verso do bilhete e apresentar CPF, RG e ser maior de 18 anos.

Quanto às opções de resgate, o ganhador pode escolher entre receber em dinheiro ou cheque administrativo, embora este último seja menos recomendado por questões de segurança. O valor também pode ser transferido para um banco de preferência ou mantido na Caixa Econômica.

O prêmio da Mega Sena pode ser resgatado já no dia seguinte ao sorteio, exceto em sorteios realizados na sexta ou no sábado, onde o resgate só é possível no próximo dia útil. Importante ressaltar que prêmios acima de R$ 10 mil são pagos após dois dias do sorteio. Se o premiado não buscar o dinheiro em até 90 dias após o sorteio, o valor é destinado ao Tesouro Nacional e a fundos sociais e educacionais.

Destaques