Operação Cyber Shield desmantela quadrilha de extorsão a autoridades em grupos de conteúdo sexual

Polícia Civil do Distrito Federal, com apoio de São Paulo e Bahia, realiza ação contra crimes cibernéticos

Por Plox

28/12/2023 14h48 - Atualizado há 5 meses

Na manhã desta quinta-feira (28/12), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), em uma operação conjunta com as Polícias Civis de São Paulo e Bahia, lançou a Operação Cyber Shield. O objetivo é combater a extorsão realizada por organizações criminosas (Orcrim) na internet, especificamente contra pessoas de cargos públicos importantes que acessavam conteúdo sexual em grupos de troca de mensagens.

Foto: Reprodução/PCDF

Atuação das Autoridades A ação foi conduzida pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), com apoio do Laboratório de Operações Cibernéticas (Diopi/Senasp/MJSP). A quadrilha, que criou grupos para atrair vítimas, principalmente moradores do Distrito Federal, também mirou familiares de autoridades públicas. A extorsão ocorria através de exigências de transferências via Pix, após acessos ilegais a bases de informações sigilosas da segurança pública.

Detalhes das Investigações e Prisões Foram expedidos cinco mandados de busca e apreensão, além de prisões temporárias nos estados de São Paulo e Bahia. A operação contou com a participação tático-operacional do Grupo Especial de Reação (GER) da Polícia Civil de São Paulo, da Divisão de Operações Especiais (DOE/PCDF) e do Departamento de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil da Bahia.

As investigações revelaram que os criminosos operavam em Feira de Santana e Salvador, na Bahia, e em Pirituba e São Paulo, São Paulo. Eles tinham ligações com facções criminosas nesses estados. O delegado-chefe da DRCC, Giancarlos Zuliani, acompanha as ações na Bahia, reforçando a seriedade e abrangência da operação.
 

 

Destaques