Caixa inicia testes de pagamento do Bolsa Família com dinheiro virtual

A Caixa confirmou estar desenvolvendo novas tecnologias, incluindo o Drex, para aplicação em seus produtos e serviços.

Por Plox

29/02/2024 17h30 - Atualizado há cerca de 1 mês

 

A Caixa Econômica Federal planeja dar início aos testes de uso do real digital, conhecido como Drex, para efetuar pagamentos do Bolsa Família entre abril e maio deste ano. A informação foi divulgada por Rafael Dias Silva, superintendente nacional da instituição, em um evento em São Paulo organizado pela Microsoft e a Hamsa. A expectativa é que inicialmente, 5% dos beneficiários do programa possam receber seus recursos através do Drex.

 

Foto: Divulgação

De acordo com reportagens, incluindo uma da Folha de S.Paulo, a Caixa estuda a viabilidade de depositar os benefícios em um cartão especial que funcionaria inclusive em áreas sem acesso à internet. Esse avanço tecnológico visa facilitar a vida dos beneficiários, especialmente aqueles em localidades remotas, permitindo-lhes realizar transações comerciais locais sem a necessidade de deslocamentos longos para sacar o dinheiro.

Em uma declaração ao InfoMoney, a Caixa confirmou estar desenvolvendo novas tecnologias, incluindo o Drex, para aplicação em seus produtos e serviços. O banco destacou ter concluído as etapas do projeto Drex previstas para 2023 antes do prazo estipulado pelo Banco Central. Esse movimento alinha-se ao anúncio de Maria Rita Serrano, ex-presidente da Caixa, sobre a possibilidade futura de utilizar o Drex para o pagamento de benefícios sociais e trabalhistas.

Além disso, no último ano, a Caixa firmou uma parceria com a Elo e a Microsoft para um projeto-piloto do real digital. A colaboração com a Elo visa explorar a utilização de criptoativos para pagamentos parcelados, enquanto a Microsoft contribui com sua expertise tecnológica, acelerando a adoção da moeda digital oficial. A Caixa, com presença em 99% dos municípios brasileiros e uma base de 155 milhões de clientes, posiciona-se como um campo fértil para a experimentação de novas soluções financeiras digitais.

Destaques