Dengue ultrapassa 1 milhão de casos no Brasil e dispara alerta de emergência

Especialistas destacam a imprevisibilidade e a gravidade da situação

Por Plox

29/02/2024 16h20 - Atualizado há cerca de 2 meses

O Brasil enfrenta uma escalada alarmante no número de casos de dengue, ultrapassando a marca de 1 milhão de infecções nas primeiras oito semanas de 2024, um aumento significativo em comparação com o ano anterior, que registrou 207.475 casos no mesmo período. Este ano já foram confirmadas 214 mortes pela doença, com outras 687 sob investigação, evidenciando uma situação mais grave do que a observada em 2023, quando foram registrados 149 óbitos até o momento correspondente.

Especialistas como Renato Kfouri, da Sociedade Brasileira de Imunizações, e Kleber Luz, consultor da OMS, destacam a imprevisibilidade e a gravidade da situação, com um início precoce e intenso de casos. A situação levou seis estados brasileiros (Acre, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina) e o Distrito Federal a declararem estado de emergência em saúde pública.

Para enfrentar a crise, o Ministério da Saúde anunciou a implementação de uma mobilização nacional, denominada "Dia D", focada na luta contra a dengue, programada para o próximo sábado, 2 de março. A iniciativa visa engajar a população e as autoridades na prevenção e no combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da doença.

A prevenção é apontada como fundamental no combate à dengue, com medidas simples como a eliminação de criadouros do mosquito nos domicílios, que representam cerca de 75% dos focos do vetor. O esforço conjunto entre sociedade, governo e profissionais de saúde é crucial para a erradicação dos mosquitos e a contenção do avanço da doença.

A dengue, uma doença que pode ser fatal inclusive para pessoas saudáveis de todas as idades, requer atenção imediata aos primeiros sintomas e o tratamento adequado para evitar complicações severas.

Destaques