Mulher de 57 anos afirma ter sido estuprada e agredida pelo primo no Vale do Aço

29/11/2019 18:31

Publicidade

Uma mulher de 57 anos afirma ter sido estuprada e agredida por um primo nesta quinta-feira (28), no bairro Alegre, em Timóteo. Segundo informações, os militares foram acionados pelo filho da vítima, que disse morar na zona rural do município de Ferros.

Ainda de acordo com as informações recebidas, o filho da vítima teria tomado conhecimento do abuso por meio de um familiar e relatou à um militar de Joanésia, que repassou as informações para a Polícia de Timóteo.

O suspeito é o primo da vítima, de 40 anos. Conforme informações, a irmã da vítima relatou aos militares que ele teria chegado na casa onde a vítima mora com ela, que seria cuidadora da vítima, e mais outras duas irmãs de 82 e 90 anos, de bicicleta, no momento em que ela iria para a UPA do bairro, para fazer a troca de uma receita.

Ainda segundo as informações, o suspeito teria aproveitado a ausência da irmã da vítima e teria chamado a vítima para o quintal, onde teria agredido ela com socos e a estuprou. A irmã da vítima ainda teria relatado aos militares que o suspeito tinha saído de lá como se nada houvesse acontecido, despedindo de todos e dizendo que não ficaria para o almoço.

De acordo com informações, a irmã da vítima não sabia ao certo o endereço do suspeito, mas contou aos militares que ele é morador do bairro Bethânia, em Ipatinga.

Até o momento do fechamento dessa matéria o suspeito não havia sido localizado pela Polícia Militar.



Publicidade