Timóteo firma compromisso para recuperação e proteção de nascentes

30/03/2019 07:52

Programa mobiliza proprietários rurais, instituições, entidades, Copasa e Prefeitura

Publicidade

O Pacto das Águas, compromisso para a recuperação e proteção de cursos d´água, foi firmado na tarde de quinta-feira (28) na Escola Estadual Hilda de Araújo Ozório Zauza, no bairro Ana Moura, em Timóteo-MG.  As comunidades do Ana Moura, Pelonha e Novo Tempo, do entorno da microbacia do Córrego Timotinho, são as principais beneficiadas nesta etapa do projeto iniciado em 2017 e que está inserido no Programa Pró-Mananciais da Copasa.

A assinatura do documento tem como objetivo demonstrar o compromisso com a melhoria da qualidade e quantidade das águas utilizadas com a finalidade de abastecimento público, promovendo melhores condições de vida aos moradores e assegurando os recursos hídricos para os cidadãos timotenses.  O trabalho, que resultou no Pacto das Águas, iniciou com a constituição da grupo denominado Coletivo de Meio Ambiente (Colmeia), integrado pelas entidades parceiras, responsável pelo diagnóstico da microbacia e elaboração e acompanhamento do plano de ações.

ambiente(Foto: divulgação/ Prefeitura de Timóteo)

O Pacto das Águas representa a validação do plano de ações 2018/2019 de atividades de cercamento de Áreas de Proteção Permanente (APPs) como mata ciliar e nascentes, plantio de mudas, oficinas, campanhas de prevenção e combate a incêndios entre outros. “Este é um projeto construído em conjunto, discutido e de responsabilidade de todos que visa a preservação dos recursos hídricos”, frisa o superintendente de Meio Ambiente da Copasa, Nelson Cunha Guimarães, salientando que o Pro-Mananciais foi criado em 2016 e abrange mais de 130 municípios.   

O prefeito de Timóteo, Douglas Willkys, salientou a vocação de Timóteo para o verde por abrigar em seu território parte do Parque Estadual do Rio Doce, maior reserva de Mata Atlântica de Minas Gerais, a APA Serra do Timóteo e o Pico do Ana Moura.  “Infelizmente, por ações no passado, muitas áreas foram degradadas e precisam ser recuperadas e outras devem ser preservadas. O Pacto das Águas fortalece este trabalho e incentiva os proprietários de áreas de mata ciliar e com nascentes a protegerem seus mananciais”, destacou o prefeito, elogiando o comprometimento dos parceiros do Colmeia e dos proprietários rurais.

Participaram da cerimônia de assinatura do Pacto das Águas os secretários de Obras, Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Sérgio Martins,  e de Governo e Comunicação, Jair Ribeiro, os representantes da Copasa superintendente de Operação do Vale do Rio Doce e Vale do Aço, Albino Júnior Batista Campos, a representante da Divisão de Ações Ambientais, Maria Aparecida da Silva, o gerente do Distrito Regional Vale do Aço , Rodrigo Ferreira, o vice-presidente da Câmara Municipal, Raimundo Nonato, o Raimundinho, os vereadores Geraldo Gualberto, Fábio Campo, o Binha, e Lenair José de Souza, o Zizinho, a diretora da Escola Hilda Zauza, Íris Lady Santos e a representante da Associação Comunitária Cultural de Comunicação, Tainá de Paula Ramos.

A cerimônia contou com as apresentações culturais da aluna Vitória Nunes Silva, do 6º ano, que interpretou a música “Planeta Água”, de Guilherme Arantes; da aluna do Curso Técnico de Recursos Humanos, Wannessa Luz, com uma dança solo; e do grupo de dança Cia Espaço Ritmo Acesita, com coreografia de Luiz Faioli.



Publicidade