Ipatinga

famosos

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Eduardo Costa é denunciado pelo Ministério Público por estelionato

    O Sócio e cunhado do cantor também foi denunciado. Segundo a promotoria, Gustavo assinou o contrato como testemunha, participando da negociação

    Por Plox

    30/11/2021 14h37 - Atualizado há cerca de 2 meses

    O Ministério Público de Minas Gerais denunciou o cantor sertanejo Eduardo Costa por estelionato. Além do artista, seu sócio e cunhado, Gustavo Caetano da Silva também está envolvido no esquema que fez duas vítimas em Belo Horizonte, segundo o documento apresentado à justiça na última quinta-feira (25).

    De acordo com a denúncia da 12ª Promotoria de Belo Horizonte, o cantor teria feito em julho de 2015 um contrato de compra e venda com duas pessoas e adquiriu um imóvel no bairro Bandeirantes, na capital mineira, avaliado em R$ 9 milhões.

    Como forma de pagamento, Eduardo deu um outro imóvel, localizado em Piumhi, Minas Gerais, avaliado em R$ 5,6 milhões. No entanto, o cantor e o sócio na empresa EC13 Produções LTDA teriam omitido das vítimas, de forma dolosa, que o imóvel era objeto de uma ação de reintegração de posse desde 2012, e também era alvo de outra ação pública desde 2013.

    Foto: Reprodução Instagram

     

    “As vítimas e os profissionais que auxiliaram diretamente nas negociações foram mantidas em erro, mediante artifício e ardil, pelos denunciados, que omitiram tais informações. Tanto que não há qualquer menção de tais ações no contrato celebrado, constando, ao contrário, que os bens ofertados estariam livres e desimpedidos de quaisquer ônus”, diz um dos trechos da denúncia, divulgada pelo portal R7.

    Segundo a promotoria, Gustavo assinou o contrato como testemunha, participando da negociação.

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]