Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mulher em Belo Horizonte, recém-chegada da África, é suspeita de contaminação por Ômicron

    A prefeitura da capital mineira está acompanhando o caso

    Por Plox

    30/11/2021 00h33 - Atualizado há cerca de 1 mês

    A nova cepa do coronavírus descoberta na África do Sul tem causado preocupação em todo o mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a B.1.1.529 como variante de preocupação e a batizou como “ômicron”.  Muitos países fecharam suas fronteiras para países da África, inclusive o Brasil.

    A nova variante tem despertado preocupação. Ela tem 50 mutações, destas, mais de 30 localizadas na proteína chamada de "spike", que é abertura que o vírus usa para entrar nas células e que é o foco de atuação da maior parte das vacinas contra a Covid-19.

    A prefeitura de Belo Horizonte confirmou, nesta segunda-feira (28), que está investigando uma possível contaminação da nova cepa em Minas Gerais. Trata-se de uma mulher, de 33 anos, que não se vacinou contra a Covid-19 e segundo as informações divulgadas esteve na República do Congo, região conhecida como Congo, na África. 

    Veja o vídeo:

     

    A mulher desembarcou na cidade de São Paulo no dia 20 de novembro e foi para Belo Horizonte neste mesmo dia. Segundo informações da prefeitura de Belo Horizonte, ela começou a sentir os sintomas iniciais de coronavírus no dia 22 de novembro. Neste domingo (28) ela procurou uma unidade para atendimento onde realizou o teste para Covid-19 e teve o resultado positivo. Ela está monitorada, isolada e internada em uma unidade hospitalar da capital mineira.

    Para saber exatamente qual a variante que ela foi infectada é necessário realizar o teste de genotipagem que será realizado ainda nesta segunda-feira (28). Nesse exame, utiliza-se uma nova metodologia na qual são sequenciadas apenas algumas partes do genoma viral, tornando esse processo mais barato e mais ágil do que o sequenciamento do genoma completo. 

    O governo do estado de São Paulo também está monitorando um paciente que visitou a África do Sul e está com Covid-19. Esse brasileiro, já havia se vacinado e desembarcou em Guarulhos no sábado (27). 

    A nova variante já foi identificada em 16 países, sendo: Canadá, Espanha, Suécia, Reino Unido, Holanda, Bélgica, Portugal, Dinamarca, Alemanha, República Tcheca, Itália, Israel, Hong Kong, Austrália, Botsuana, África. O Canadá é o primeiro país das Américas. Além da Ômicron, estão classificadas como variantes de preocupação a alfa, beta, gama e delta.

    O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o Brasil está preparado para enfrentar a nova cepa do coronavírus. Ele fez a afirmação enquanto estava em Salvador, onde assinou contrato com a Pfizer/BioNTech para a compra de 150 milhões de vacinas com entrega para 2022. Segundo ele: “A Ômicron é uma variante de preocupação, mas não variante de desespero, porque temos autoridades sanitárias comprometidas com a assistência de qualidade para nossa população”, disse.

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, alertou as pessoas quanto à importância da vacinação, nesta segunda-feira (29): “Essa variante é uma causa de preocupação, mas não de pânico. Não esperem vão tomar sua dose de reforço, se essa for sua hora.” disse Biden.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]