Dentista Influencer em Goiás presa por práticas ilegais e deformações faciais em pacientes

Hellen Kacia Matias da Silva, com mais de 650 mil seguidores, é acusada de realizar procedimentos estéticos proibidos e perigosos, segundo a Polícia Civil de Goiás.

Por Plox

31/01/2024 15h16 - Atualizado há 5 meses

 A dentista Hellen Kacia Matias da Silva, famosa nas redes sociais com mais de 650 mil seguidores, foi presa preventivamente acusada de causar deformações faciais em seus pacientes através de procedimentos estéticos ilegais em Goiânia, Goiás. A prisão ocorreu na terça-feira, 30 de janeiro, após a Polícia Civil cumprir mandados de busca e apreensão em locais ligados à dentista.

  Reprodução/Redes Sociais

Procedimentos Ilegais e Propaganda nas Redes Sociais Hellen e outros três dentistas estão sendo investigados por realizarem procedimentos estéticos que não são permitidos pelo Conselho Federal de Odontologia. A odontóloga promovia essas cirurgias plásticas em seu perfil no Instagram e oferecia cursos para que outros dentistas aprendessem a realizar as mesmas cirurgias sob sua supervisão.

  Reprodução/Redes Sociais

Materiais Vencidos e Falta de Licenças Durante a operação, foram encontrados na clínica de Hellen materiais cirúrgicos, anestésicos e medicamentos vencidos. A Vigilância Sanitária autuou a clínica, descartando os materiais impróprios. Além disso, verificou-se que o alvará do estabelecimento não autorizava a realização de procedimentos invasivos.

Vítimas e Condições Inadequadas A Polícia Civil coletou depoimentos de mais de 10 vítimas, além de funcionários da clínica. As vítimas relataram que os procedimentos eram realizados em condições inadequadas, fora do ambiente hospitalar, aumentando os riscos à saúde. Foi apreendido um celular usado pela clínica para contatar clientes, onde foram encontradas fotos de pacientes com rostos deformados após as cirurgias. As vítimas e funcionários também relataram que Hellen reagia mal a críticas e tratava os pacientes com negligência.

Destaques