Ipatinga confirma morte de criança de 8 anos com suspeita de dengue

Secretaria de Saúde de Ipatinga investiga caso preocupante em meio a aumento de casos de dengue e chikungunya na região do Vale do Aço.

Por Plox

31/01/2024 06h30 - Atualizado há 5 meses

A Secretaria de Saúde de Ipatinga confirmou na tarde desta terça-feira (30) o falecimento de Emanuelle Madureira, de apenas 8 anos, com suspeita de dengue. O óbito ocorreu na noite de segunda-feira (29). A criança estava recebendo cuidados médicos no Hospital Márcio Cunha.

A Prefeitura de Ipatinga informou que o caso está sendo investigado. Amostras de sangue da vítima foram encaminhadas para análise na Fundação Ezequiel Dias, referência em diagnósticos laboratoriais, para confirmar a causa da morte. 

Foto: arquivo / Divulgação

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, o Vale do Aço, região onde Ipatinga está situada, vem enfrentando um aumento significativo no número de casos de doenças transmitidas por mosquitos. Neste ano, ainda de acordo com os dados do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, já foram registrados 4.618 casos confirmados de chikungunya e 1.207 casos de dengue no Vale do Aço. Estas estatísticas colocam a área como uma das mais afetadas no estado.

HMC convoca doadores de sangue em caráter de urgência em Ipatinga

O Banco de Sangue do Hospital Márcio Cunha solicita, em caráter de urgência, o apoio da comunidade do Vale do Aço e região, na captação de doadores de sangue. A hemoterapia do HMC enfrenta atualmente, um déficit nos estoques, recebendo apenas cerca de 30 doadores por dia, enquanto a média necessária para a sustentabilidade é de 60 doações diárias. Além do período de férias e do Carnaval que se aproxima, que geralmente causam a diminuição de doadores, a unidade enfrenta uma emergência de saúde pública devido ao cenário crítico de arboviroses, como dengue e chikungunya, transmitidas pelo Aedes aegypti. Situação que contribui para a escassez de estoque, pois há uma demanda crescente de pacientes com plaquetas baixas que necessitam de doações. Todos os tipos sanguíneos são urgentemente necessários.


Critérios para doação

Para doar o voluntário deve se encontrar em boas condições de saúde, estar bem alimentado, pesar mais de 52kg, ter comportamento sexual seguro, possuir entre 16 e 69 anos e apresentar um documento com foto no ato da doação. Menores de idade devem procurar a unidade acompanhado de um responsável ou levar um termo de consentimento assinado.

É um impedimento temporário para doação de sangue, pessoas que contraíram dengue ou outras arboviroses recentemente. Neste caso, será necessário aguardar um período de 30 dias para realizar a doação.   

O Hospital Márcio Cunha conta com o apoio e solidariedade da população em somar no equilíbrio da hemoterapia do HMC. 

Destaques