Datena promete apresentar programa de cueca se Trump for preso

Apresentador faz promessa inusitada ao comentar julgamento de Trump

Por Plox

31/05/2024 09h14 - Atualizado há 18 dias

O apresentador José Luiz Datena surpreendeu a audiência ao garantir que apresentará o "Brasil Urgente" apenas de cueca caso Donald Trump seja preso. A declaração foi feita na última quinta-feira (30/5), enquanto comentava o julgamento do ex-presidente dos Estados Unidos, que foi declarado culpado por fraude contábil.

Reprodução

Trump é declarado culpado

Trump foi julgado por um júri de 12 membros e considerado culpado em 34 acusações relacionadas à fraude contábil, vinculadas ao pagamento de US$ 130 mil à ex-atriz pornô Stormy Daniels. Segundo a acusação, o objetivo do pagamento era silenciar um suposto caso extraconjugal durante a campanha presidencial de 2016. O ex-presidente, que se declarou inocente, será sentenciado no dia 11 de julho.

Declaração de Datena

Durante uma conversa com o repórter Eduardo Barão, Datena afirmou: “Se o cara (Trump) for preso eu apresento o programa de cueca como naquele Brasil e Alemanha.” A aposta do apresentador se refere a um episódio icônico do programa, ressaltando o impacto internacional do julgamento de Trump, que tem repercussões até mesmo na mídia brasileira.

Sentença e possíveis consequências

Embora Trump tenha sido considerado culpado, a pena ainda não foi definida. Especialistas acreditam que o ex-presidente poderá receber uma multa ou liberdade condicional em vez de prisão, devido ao histórico de condenações por fraude contábil nos Estados Unidos. Além disso, ele deve recorrer da decisão.

Impacto na candidatura

Apesar da condenação, Trump ainda pode concorrer à presidência dos Estados Unidos. Ele enfrenta outros três processos judiciais, mas nenhuma das audiências ocorrerá antes das eleições de 5 de novembro. A condenação não impede sua candidatura ou a possibilidade de assumir novamente a Casa Branca.

Testemunho de Michael Cohen

Michael Cohen, ex-advogado de Trump, foi a testemunha final do caso. Ele revelou que pagou Daniels do próprio bolso e que Trump planejou reembolsá-lo com parcelas mensais disfarçadas de honorários. Cohen citou frases de Trump como “Apenas cuide disso” e “isso foi um desastre, um desastre fodido. As mulheres vão me odiar”, destacando a tentativa de encobrir o escândalo.

As acusações que resultaram na condenação de Trump incluem:

  • 11 relacionadas a honorários falsos advocatícios
  • 11 referentes a cheques emitidos ou fundos usados para reembolsar Cohen
  • 12 ligadas aos registros contábeis dos reembolsos
Destaques