Homem que armazenava pornografia infantil é preso em BH após voltar de Dubai

brasileiro compartilhava material de abuso infantil enquanto morava nos Emirados Árabes

Por Plox

31/05/2024 16h00 - Atualizado há 18 dias

Nesta sexta-feira, 31 de maio, a Polícia Federal (PF) prendeu em Belo Horizonte um brasileiro que residia em Dubai, nos Emirados Árabes, suspeito de armazenar e compartilhar arquivos contendo abuso sexual infantojuvenil pela internet. De acordo com a PF, o homem também filmava os abusos que cometia contra menores durante suas visitas ao Brasil.

Foto: Arquivo Agência Brasil

Operação Du"bye"

A operação foi batizada de Du"bye", fazendo um trocadilho com o nome da cidade onde o suspeito vivia e a palavra "tchau" em inglês. Durante a operação, foram cumpridos um mandado de busca e apreensão e outro de prisão na residência do suspeito, localizada na capital mineira.

"Após o recebimento de informações, através de cooperação policial internacional, a PF realizou investigação que levou a identificação de brasileiro, residente em Dubai, que além do armazenamento e compartilhamento de arquivos de abuso sexual, realizava a produção de arquivos em que ele próprio cometia os abusos a crianças quando estava em território nacional", declarou a Polícia Federal.

 

Consequências legais

Caso seja condenado pela Justiça, o homem poderá enfrentar uma pena de mais de 20 anos de prisão pelos crimes cometidos, especialmente pela produção de materiais que registram abusos contra menores de idade.

 

Importância da prevenção

A prisão ocorreu no último dia de maio, mês conhecido como "Maio Laranja", dedicado ao combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

"A PF aproveita para reiterar o alerta aos pais e responsáveis sobre a importância de monitorar e orientar seus filhos no mundo virtual e físico, protegendo-os dos riscos de abusos sexuais. A prevenção é fundamental para garantir a segurança e o bem-estar das crianças e adolescentes", concluiu a corporação.

Destaques