Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Grupo vai dar porção de maconha para quem se vacinar contra Covid-19 nos EUA

    ​A distribuição ocorrerá a adultos em locais de vacinação da capital estadunidense assim que as campanhas de imunização estiverem em estado mais avançado

    Por Plox

    01/02/2021 19h21 - Atualizado há 9 meses

    Em Washington, nos Estados Unidos, a vacina contra a Covid-19 virá acompanhada a uma pequena porção de maconha. A campanha, anunciada neste mês, é promovida pelo grupo de ativistas DC Majiruana Justice (DCMJ) e foi chamada de “Joints for Jabs”, ou “baseados por vacinas”, em tradução livre.

    A distribuição ocorrerá a adultos em locais de vacinação da capital estadunidense assim que as campanhas de imunização estiverem em estado mais avançado, com vacinação ampla da população.

    O objetivo, conforme o grupo, é celebrar o “momento histórico”, agradecer a quem resolveu se vacinar, encorajar que pessoas decidam pela imunização e, claro, dar visibilidade às causas do DCMJ. Adam Eidinger, um dos co-fundadores do grupo, encaminhou nesta semana uma carta à prefeita de Washington, Muriel Bowser, requisitando apoio à campanha. 

    ​A distribuição ocorrerá a adultos em locais de vacinação da capital estadunidense assim que as campanhas de imunização estiverem em estado mais avançado
    ​A distribuição ocorrerá a adultos em locais de vacinação da capital estadunidense assim que as campanhas de imunização estiverem em estado mais avançado

     

    "Nós estamos cientes de que muitos usuários de cannabis desconfiam de vacinas e da ciência usada para justificar sua distribuição. Nosso objetivo é usar a cannabis como meio de agradecer àqueles que estão recebendo a vacina e encorajar os mais céticos a receberem sua dose”, diz um trecho do texto.

    Apesar de a comercialização da maconha ainda ser proibida na capital estadunidense, o cultivo e o uso recreativo e medicinal são permitidos. Com isso, a distribuição gratuita das porções da droga não está em contravenção com a legislação. Eidinger garante que “dezenas” de produtores em Washington vão contribuir para a iniciativa.

     

    Locais e datas de distribuição das porções serão divulgados posteriormente, quando postos de vacinação para a população geral começarem a ser informados pelas autoridades de saúde dos Estados Unidos, informou o DCMJ. 

    Nos EUA, o uso medicinal da cannabis é permitido em 36 dos 50 Estados, e, em 15, é legalizado o uso recreativo da droga. Contudo, em legislação federal, a maconha ainda é criminalizada. 

    Fonte: https://www.otempo.com.br/mundo/grupo-vai-dar-porcao-de-maconha-para-quem-se-vacinar-contra-covid-19-nos-eua-1.2442028
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]