Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Médica é morta enforcada por moradores de rua que ela ajudava em Uberaba

    Os suspeitos do crime são um homem e uma mulher que a médica costumava ajudar dando alimentação e dinheiro

    Por Plox

    01/06/2022 20h13 - Atualizado há 2 meses

    Uma médica de 81 anos foi encontrada morta com uma blusa enforcando seu pescoço em Uberaba, no Triângulo Mineiro, nesta segunda-feira (30). A suspeita é que ela tenha sido vítima de latrocínio - roubo seguido de morte. Os suspeitos do crime são moradores de rua que ela costumava ajudar dando comida e dinheiro. 

    De acordo com o boletim de ocorrência, um taxista que prestava serviços para a vítima chegou a casa da médica Delma Saud Salles para levá-la ao trabalho. No entanto, a filha da vítima, de 44 anos, que tem problemas cognitivos, pediu que o taxista subisse no apartamento delas. 

    Quando o taxista entrou no local, encontrou a mulher caída no chão e com uma blusa amarrada ao pescoço. A Polícia Militar foi acionada. A filha da médica disse que, pela manhã, abriu a porta para um morador de rua e usuário de drogas que a mãe costumava ajudar.

     

    Médica foi assassinada em casa.

    Depois disso, ela saiu e foi para a padaria comprar pão. Quando retornou, já encontrou a mãe caída no chão. Por meio de câmeras de segurança, a polícia identificou um suspeito. 

     

    Durante diligências, uma mulher de 40 anos, também moradora de rua e usuária de drogas, foi encontrada com a roupa suja de sangue. Ela disse que viu o suspeito sair do apartamento correndo e que chegou ao local logo depois. A mulher também contou que a médica tinha dado a ela uma rosca e R$ 5. 

    A polícia encontrou esse homem que entrou na casa, um morador de rua e também usuário de drogas de 42 anos. Ele não quis dizer nada sobre o crime, mas demonstrou remorso e repetia que “agora é tarde”. 

    O celular da vítima, o relógio e R$ 5 foram encontrados com o suspeito. A mulher e o homem suspeitos foram levados à Delegacia de Polícia Civil, que vai investigar o caso.

     

    Delma era ginecologista e obstetra e trabalhava em uma unidade de saúde no centro de Uberaba. 

     

     

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/medica-e-morta-enforcada-por-moradores-de-rua-que-ela-ajudava-em-uberaba-1.2676883
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]