Brasil

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Tentativa de golpe: Marcos do Val denuncia plano de Daniel Silveira em presença de Bolsonaro

    Cenário político começa quente nesta quinta-feira (2)

    Por Plox

    02/02/2023 17h20 - Atualizado há cerca de 1 ano

    O Politicando desta quinta-feira (2) chega quentíssimo com informações que estão repercutindo no cenário político brasileiro. o ex-deputado federal Daniel Silveira foi preso nesta manhã e além disso, o senador Marcos do Val (Podemos-ES) expôs um suposto plano de golpe de Estado de Silveira, que contou com a presença do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).


    Daniel Silveira é preso pela Polícia Federal no RJ

    Foi preso na manhã desta quinta-feira (2), o ex-deputado bolsonarista, Daniel Silveira (PTB-RJ). Ele foi detido pela Polícia Federal (PF) em sua casa, em Petrópolis, no Rio de janeiro.

    A prisão foi determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por motivos de descumprimento de medidas cautelares impostas no processo de liberdade. Algumas delas seria o uso de tornozeleira eletrônica e o não uso de redes sociais, as quais foram descumpridas por Daniel Silveira, de acordo com o Supremo.

    Conforme notificou a GloboNews, policiais federais teriam encontrado “muito dinheiro na casa” do ex-deputado no momento em que ele foi abordado pela manhã.

    Na eleição do ano passado, Silveira se candidatou ao Senado Federal. Ele recebeu 1,5 milhão de votos no Rio de Janeiro, mas não foi eleito. Sendo assim, ele ficou sem foro privilegiado e vai responder processos na Justiça comum.

    Senador Marcos do Val anuncia renúncia e diz que Bolsonaro tentou coagi-lo a dar um golpe
    O senador Marcos do Val (Podemos-ES) anunciou nesta quinta-feira (2), em uma rede social que abandonará a política “definitivamente”. Eleito em 2018, do Val tem mandato vigente até 2026. Ele é acusado por bolsonaristas de ter traído Rogério Marinho (PL-RN) e ter votado em Rodrigo Pacheco (PSD-MG) na eleição para presidente do Senado.

    A especulação surgiu após viralizar um vídeo que mostra o capixaba cumprimentando o senador mineiro logo após a confirmação da reeleição de Pacheco. Também circula nas redes sociais um post onde tem a foto de Marcos do Val e mais outros oito senadores, como Romário (PL-RJ), Mara Gabrilli e Soraya Thronicke (União-MS), insinuando que eles prometeram voto no Marinho mas não cumpriram a promessa.

    Para desmentir as acusações, o parlamentar realizou uma série de postagens na ferramenta story de seu perfil no Instagram e iniciou uma transmissão ao vivo na rede social. Durante seus discurso, o senador anunciou que renunciaria seu cargo e ainda disse que recebeu uma proposta de teor golpista do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

    “Eu ficava puto quando me chamava de bolsonarista. Esperem, eu vou soltar uma bomba aqui para vocês. Sexta-feira (3) vai sair na Veja a tentativa do Bolsonaro, que quis me coagir para que eu pudesse dar um golpe de Estado junto com ele.” Disse Marcos na transmissão.

    Moraes autoriza e Marcos do Val irá depor à Polícia Federal

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) publicou nesta quinta-feira (2), um despacho autorizando que a Polícia Federal (PF) a colher depoimento do senador Marcos do Val (Podemos-ES).

    Conforme o documento, a PF tem até cinco dias para entrevistar o parlamentar para explicar o suposto plano de golpe de Estado envolvendo o ex-deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

    “Diante das informações prestadas e da necessidade de maiores esclarecimentos, DEFIRO o requerimento e DETERMINO à Polícia Federal que proceda à oitiva do Senador MARCOS DO VAL, no prazo máximo de 5 (cinco) dias”. Diz o documento.

    Marcos do Val afirmou durante transmissão ao vivo no seu perfil no Instagram que que recebeu uma proposta de teor golpista do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).  o senador disse que o então deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) foi o interlocutor da proposta. Ele ainda disse que Bolsonaro estava na mesma reunião e indicou concordar com a ideia.

    “Eu ficava puto quando me chamava de bolsonarista. Esperem, eu vou soltar uma bomba aqui para vocês. Sexta-feira (3) vai sair na Veja a tentativa do Bolsonaro, que quis me coagir para que eu pudesse dar um golpe de Estado junto com ele.” Disse Marcos na transmissão.

     


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]