Servidor da PF ameaça atropelar manifestantes antifascistas em ato no DF

02/06/2020 16:59

Em grupo da UnB, homem comenta: "Eu vou de carro para passar por cima de quem restringir a minha liberdade". PF abriu investigação

A Polícia Federal (PF) apura a conduta de um servidor que publicou mensagens de ódio em grupo da Universidade de Brasília (UnB) em uma rede social. De acordo com a corporação, Odilton Sousa Júnior é técnico administrativo da PF e estudante do curso de direito na universidade.

manifestação DF
Hugo Barreto - Metrópoles

A postagem sob análise da corporação faz menção a uma manifestação marcada para o próximo dia 7 pelo chamado grupo de esquerda “Antifa” (antifascistas).

Na postagem, o servidor diz que ficar em casa deixou de ser “conveniente”. E comenta nos comentários, logo abaixo da publicação principal: “Eu vou de carro para passar por cima de quem restringir a minha liberdade”.

Confira:

manifestante

O Metrópoles entrou em contato com o autor da mensagem por meio de suas redes sociais. Ele afirmou que não pertence mais aos quadros da PF. Sobre a publicação feita no grupo da UnB, o homem não se mostrou arrependido.

“Vou toda semana,com minha esposa e filhas, às manifestações [em apoio ao presidente Jair Bolsonaro] e não exitaria para proteger a integridade física da minha família (sic)”, disse.

Procurada, a direção-geral da PF confirmou tratar-se de um integrante de seus quadros e respondeu, por meio de nota, que a postura do servidor será alvo de apuração.

“A pessoa citada pertence ao quadro de servidores da Polícia Federal e as imagens estão sendo encaminhadas para os setores de controle para a devida análise”, diz o texto.

Fonte: https://www.metropoles.com/distrito-federal/servidor-da-pf-ameaca-atropelar-manifestantes-antifascistas-em-ato-no-df