Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Campeão olímpico de judô é condenado a 16 anos de prisão por matar colega de infância

    Naidangiin Tüvshinbayar foi condenado por matar o também judoca Erdenebileg Enkhbat

    Por Plox

    02/08/2022 20h44 - Atualizado há 6 dias

    O judoca Naidangiin Tüvshinbayar foi condenado a 16 anos de prisão por ter assassinado um colega de infância. Naidangiin Tüvshinbayar conquistou o primeiro ouro da Mongólia em uma edição de Olimpíadas, em Pequim 2008.

    De acordo com informações da Reuters, agência de notícias internacional, o crime aconteceu em 2 de abril de 2021. Naidangiin Tüvshinbayar foi condenado por matar Erdenebileg Enkhbat, também judoca, e seu amigo de infância.

    Naidangiin Tüvshinbayar foi condenado a 16 anos. Foto: reprodução/ Youtube

     

    Conforme os relatos iniciais, Tüvshinbayar estaria sob efeito de álcool e teria golpeado o colega judoca com um objeto pesado na cabeça. Erdenebileg Enkhbat sofreu um traumatismo cranioencefálico (TCE), foi socorrido,porém, não resistiu.

    Ouro

    Naidangiin Tüvshinbayar conquistou o ouro em Pequim 2008, se tornando o primeiro mongol a conseguir tal feito. Em 2012, nas Olimpíadas de Londres, ele conquistou a prata após perder a final.

    Após as edições de Olimpíadas, Tüvshinbayar foi presidente do Comitê Olímpico Nacional da Mongólia. Ele se afastou do cargo em abril de 2021, após ser acusado de matar o colega judoca.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]