Ipatinga

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Saiba como economizar na conta de luz após reajuste de tarifa

    Com a chegada do calor, deve-se ter atenção com ar-condicionado, ventiladores, climatizadores, freezer e refrigeradores

    Por Plox

    02/12/2020 00h24 - Atualizado há 11 meses

    A conta de luz ficou mais cara a partir desta terça-feira (1), já que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a retomada do sistema de bandeiras tarifárias e passou a ser usada a bandeira vermelha em seu segundo patamar, com uma taxa extra de R$ 6,243 a cada 100 kWh. A mudança trouxe preocupação com as contas no fim do mês. Para ajudar o consumidor a economizar, a reportagem de O TEMPO ouviu especialistas que explicam algumas medidas que podem reduzir o consumo de energia elétrica. 

    A chegada do calor, nos próximos dias é uma grande preocupação, já que nesse período, o consumo de energia tende a aumentar. "Equipamentos para trazerem conforto térmico a casa passam a serem utilizados. Um deles é o ar-condicionado que tem um alto consumo, mas ventiladores e climatizadores que também são utilizados tendem a também gastar energia", explicou o engenheiro de eficiência Energética da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Thiago Batista.

    Foto: Alex Douglas

     

    Segundo o engenheiro, não é necessário deixar de lado esses equipamentos, mas é importante pensar em um uso mais eficiente deles. "Com o ar condicionado é sempre manter os ambientes fechados, já com ventiladores e circuladores se deve priorizar a ventilação natural com portas e janelas abertas".

    Além disso, ele destaca que outros equipamentos acabam sendo muito utilizados também como refrigeradores e freezers. No caso deles, o idelal é evitar aberturas desnecessárias e "verificar as condições de isolamento da borracha e da vedação, além de atentar para não deixá-los expostos a luz solar", complementa Batista. 

    Se por um lado se consome mais com esses equipamentos, por outro se ganha já que a alta temperatura permite que os chuveiros possam ser utilizados no modo verão, o que segundo o especialista reduz o consumo de energia de 30% a 40%. 

    O aumento

    O gerente de tarifas da Cemig, Giordano Bruno Braz de Pinho Matos, disse que as chuvas abaixo da média e a baixa nos reservatórios é o motivo para o aumento. " Para se ter uma ideia, nos subsistema Sudeste e Centro-oeste, os reservatórios estão com armazenamento em torno de 17% em média. É muito baixo para essa época do ano. O que faz com que o preço da energia seja mais caro, por que é necessário nesse momento acionar as usinas termoelétricas,. Entãoo é importante sinalizar isso para o consumidor e foi essa decisão tomada pela diretoria da Anaael de acionar a bandeira vermelha", explicou. 

    A bandeira vermelha pode ser acionada em dois níveis com valores diferentes de cobrança que dependem da quantidade de termelétricas acionadas. No primeiro nível, o adicional é de R$ 4,169 a cada 100 kWh, já no segundo, que é o que foi acionado, a cobrança é de R$ 6,243 a cada 100 kWh.

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/saiba-como-economizar-na-conta-de-luz-apos-reajuste-de-tarifa-1.2419998
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]