Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Autores de homicídio no Vale do Aço tem prisão decretada pela Justiça

    O crime aconteceu no último sábado (1) no bairro Industrial

    Por Plox

    03/01/2022 18h39 - Atualizado há 18 dias

    Nesse domingo (2), a Vara de Execuções Penais de Precatórias Criminais e do Tribunal do Júri da Comarca de Ipatinga, decretou a prisão dos três acusados de envolvimento no homicídio de Maxwel Germano Sales, de 27 anos. Também foi decretada a apreensão do quarto indivíduo, um menor, que, segundo a Justiça, também teve participação no crime. O crime aconteceu no último sábado (1),  em uma praça da rua Um, no bairro Industrial, em Santana do Paraíso, Minas Gerais.

    Na audiência de custódia, o juiz destacou que “com fulcro no artigo 310, inciso II do Código Penal, converto a prisão em flagrante em prisão preventiva em relação aos autuados M.R.S.M, K.A.C e D.R.S. Expeçam-se mandados de prisão. Autuados intimados neste ato da conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva”, relatou no documento.  

    Relembre o caso

    Um homem, de 27 anos, foi morto a tiros na madrugada do último sábado dia (1º) em uma praça. A vítima foi atingida por disparos na cabeça, pescoço, tórax e mão. O fato aconteceu em uma praça da rua Um, no bairro Industrial, em Santana do Paraíso, Minas Gerais. Os supostos autores foram encontrados e presos.

    Segundo as informações,  Maxwel Germano Sales, de 27 anos, estava na praça com seu irmão e, ao ficar sozinho, um carro Gol, passou e realizou os disparos de arma de fogo em sua direção. O irmão de Maxwel retornou ao local, mas já o encontrou caído e sem sinais vitais.

     

    Foto: PMMG/ divulgação

     

    A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, conseguiu informações sobre a placa do carro usado no crime. Em seguida, foram iniciadas buscas para tentar localizar os autores. No primeiro endereço, ninguém foi encontrado, apenas foram vistas marcas de sangue no chão, referentes a um dos autores que levou um tiro no pé.

    Prisão em flagrante

    Depois de alguns levantamentos, os militares chegaram a um novo endereço e encontraram os autores. Entre eles, estava o dono do carro que, segundo o pai de Maxwel, teria se desentendido com seu filho e passou a ameaçá-lo de morte. 

    De posse dessa informação e com o apoio de viaturas de Ipatinga, o veículo usado na fuga foi localizado na garagem da residência e os militares montaram um cerco em volta do local e, ao perceberem a movimentação dos policiais, os quatro autores que estavam no interior da residência saíram correndo pelos fundos, se escondendo em um matagal. 

    Um dos autores, de 19 anos, foi preso na rua Amós, depois de pular alguns lotes e casas. Após algum tempo, outros dois foram capturados, entre eles um menor de idade, de 15 anos. E depois de um longo período de buscas pelo matagal, o último também foi encontrado e capturado. 

    De acordo com a polícia, o principal suspeito do crime disse não ter participado do homicídio, limitando-se somente a dar fuga aos autores. Ainda segundo as informações, ele disse também que o homicídio foi pelo fato de que um dos suspeitos que estava recebendo ameaças de morte por parte da vítima. 

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]