Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    "Estamos vivendo ou só correndo?", diz último post.

    Vitórya Melissa almoçava sozinha em uma praça de alimentação quando foi esfaqueada por Matheus Silva, colega de curso. Segundo testemunhas, ele nutria um "amor não correspondido" por Vitórya

    Por Plox

    03/06/2021 18h14 - Atualizado há 5 meses

    O último post de Vitórya Melissa, de 22 anos, nas redes sociais tem um tom reflexivo. "Estamos vivendo ou só correndo?", diz a mensagem postada um dia antes do ataque a faca que a matou na praça de alimentação de um shopping no Centro de Niterói, no Rio de Janeiro. O autor do ataque, Matheus dos Santos da Silva, de 21 anos, era colega de turma da jovem. Os dois cursavam técnico de enfermagem e, segundo amigos da vítima, o assassino "nutria um amor não correspondido" por Vitórya.
     

    (crédito: Reprodução/Redes sociais)
    (crédito: Reprodução/Redes sociais)


    Na mensagem, ainda está escrito: "Áudios acelerados, leituras, dinâmica, interações curtas, vida acelerada, entregas, tempo curto, ufa, mais um dia se foi". Até a manhã desta quinta-feira (3/6), a publicação teve mais de oitocentos comentários, com mensagens de condolências e apoio aos familiares da vítima.

     

    Segundo o depoimento de dois lojistas, que estavam em frente ao local do crime, Matheus comprou uma faca em uma loja de departamentos do shopping meia hora antes de ir ao encontro da estudante na praça de alimentação.

     

    Matheus dos Santos da Silva, de 21 anos, autor do feminicídio contra Vitórya Melissa
    Matheus dos Santos da Silva, de 21 anos, autor do feminicídio contra Vitórya Melissa(foto: Reprodução/Redes sociais)

     

     

    Na mesa, relataram as testemunhas, os dois conversaram por cerca de cinco minutos, até que se iniciou uma discussão em que a estudante gritou "não!" repetidas vezes ao rapaz chamando a atenção das pessoas ao redor. Nesse momento ela levanta da cadeira, mas o criminoso começa a dar estocadas de faca nela.

    De acordo com informações da polícia, os dois ainda teriam conversado mais cedo por telefone sobre material de estudo. Matheus foi contido por seguranças do shopping pouco depois do crime até a chega da polícia. Ele foi preso em flagrante e deve responder por feminicídio.

     

     

    Vitórya chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Ela trabalhava em uma cafeteria do shopping. O estabelecimento lamentou a morte da jovem nas redes sociais.

    "O que escrever? Como se tira a vida de uma pessoa assim? Há quase 3 anos, Vic trabalhava conosco. Sempre sorridente (ela tinha inúmeros motivos para não sorrir). Sempre meiga, educada, estudiosa, atenciosa, inteligente, cativante. A equipe @coffeetown_plazashopping está despedaçada, desesperada, traumatizada com tanta crueldade. Ela era muito querida por todos: da 'tia do banheiro' ao cliente da cafeteria. Voa Vic. Com certeza o céu estava precisando da sua doçura. Aqui seguiremos com um pedaço nosso faltando", postou o perfil da cafeteria.

    Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/brasil/2021/06/4928747-estamos-vivendo-ou-so-correndo-diz-ultimo-post-de-vitima-de-feminicidio.html
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]om.br