Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Empresária desaparecida é presa, suspeita de forjar o próprio sequestro no MT

    Segundo o marido, ela estava desaparecida desde quarta-feira (1/12) após sair para comprar bebidas

    Por Plox

    03/12/2021 17h05 - Atualizado há 8 meses

    Ruana Sabrina Fortunato Freitas, empresária de 28 anos, foi autuada em flagrante pela Polícia Civil do Mato Grosso nesta quinta-feira (2/12) por estelionato e falsa comunicação de crime, após forjar o próprio sequestro na última quarta-feira (1). Ela foi localizada conduzindo o carro do marido, uma caminhonete, em uma avenida da capital do Estado, em Cuiabá.

     

    (crédito: Reprodução/Facebook)
    (crédito: Reprodução/Facebook)

     

     Segundo a polícia, Ruana entrou em contradição várias vezes. Conduzida à Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) para prestar depoimento, a empresária acabou confessando que forjou o sequestro e que roubo do veículo. O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, contou que o objetivo era comercializar a caminhonete no mercado clandestino e depois receber o valor do veículo da seguradora.

    Após o interrogatório, ela foi levada para a sede da polícia e depois será encaminhada para audiência de custódia no Fórum da capital. O veículo foi apreendido e a mulher autuada em flagrante por falsa comunicação de crime e estelionato. O marido da suspeita prestou declarações e, de acordo com a apuração da GCCO, foi descartada a participação dele nos crimes.
     

    Suposto sequestro

    Na madrugada desta quinta-feira, o marido da empresária,Laudelino Luiz de Souza Saretto Filho, procurou o plantão da 1ª Delegacia de Várzea Grande e registrou um boletim de ocorrência informando que estavam em uma festa, quando sua companheira foi em uma distribuidora de bebidas conduzindo sua caminhonete e não retornou. Logo depois, ele recebeu imagens em vídeo que supostamente mostravam a mulher encapuzada, sendo mantida em cárcere privado.

    GCCO passou a apurar a ocorrência e iniciou diligências para esclarecer o crime. No final da manhã, a investigação apontou que a camionete estava na região do Coxipó. Equipes da unidade foram ao local indicado e encontraram o veículo, sem a placa traseira, e conduzido pela vítima. Ela foi interceptada quando dirigia a camionete na Avenida da capital. 

    Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/brasil/2021/12/4967940-empresaria-desaparecida-e-presa-suspeita-de-forjar-o-proprio-sequestro-no-mt.html
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]