Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Idosa morre soterrada enquanto dormia após chuva forte em Muriaé

    No período chuvoso de 2020 e 2021 já foram sete mortes por causa da chuva em Minas Gerais e quatro delas foram somente neste janeiro

    Por Plox

    04/01/2021 12h56 - Atualizado há 10 meses

    Uma idosa de 60 anos morreu soterrada na madrugada desta segunda-feira (4) em Muriaé, na Zona da Mata. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela dormia quando um barranco que fica nos fundos da casa dela deslizou após as fortes chuvas que atingiram a cidade. O marido dela, que também dormia no momento do acidente, conseguiu se salvar e acionar os bombeiros. 

    O homem foi socorrido para um hospital da cidade. O acidente aconteceu na Estrada Divisório, no Distrito de São Fernando, zona rural da cidade. Somente o casal estava na residência no momento da tragédia. Desde o primeiro dia do ano, as chuvas assolam a cidade de Muriaé. Segundo os bombeiros, foram registradas quedas de pontes e alagamentos. 

    No último sábado (2), um ex-jogador de futebol de Muriaé também morreu por causa da chuva, após ser arrastado por uma enxurrada quando tentava atravessar uma ponte de motocicleta. 

    Foto: Reprodução WhatsApp
    Chuvas dos últimos dias alagaram várias casas
    Chuvas dos últimos dias alagaram várias casasFoto: Prefeitura Muriaé

    Chuva já fez sete vítimas em Minas Gerais 

    O primeiro óbito pelas chuvas em Minas ocorreu em 25 de outubro.  Atingido por um raio durante forte tempestade em Carmo do Rio Claro, no Sul de Minas Gerais, um homem de 22 anos não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu logo após dar entrada na Santa Casa de Misericórdia do município vizinho Passos.

    A informação foi confirmada pela Defesa Civil do Estado na manhã do dia 26 de outubro de 2020. O jovem percebeu uma falha em seu carro e decidiu sair do veículo para empurrá-lo foi quando foi atingido pelo raio e não resistiu. 

    Já no dia 19 de novembro um adolescente de 17 anos morreu após ser arrastado por uma enxurrada e engolido por um bueiro em Pedras de Maria da Cruz, na região Norte de Minas Gerais. O corpo foi encontrado a cerca de oito quilômetros do lugar em que ele desapareceu.

    Já no sábado (2), as fortes chuvas que atingiram a cidade de Muriaé, na Zona da Mata de Minas Gerais, deixaram um morador da zona rural morto, após ser levado pela enxurrada.  Roberto Carlos Barbosa, de 51 anos, conhecido “Betinho Muxiba”, é ex jogador de times na região e deixou a mulher e um filho de quatro anos. Atualmente ele trabalhava como operário.

    No mesmo dia  duas mulheres morreram após uma cabeça d'água em uma cachoeira de Capitólio, no Sul de Minas Gerais. Outra pessoa foi arrastada pela água e ainda está desaparecida. Os bombeiros fazem buscas nesta segunda-feira (4). 

    Também no sábado (2), um adolescente de 13 andava de bicicleta quando foi levado pela enxurrada no bairro Santa Rosa, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Ele chegou a se abrigar em uma área coberta, mas depois seguiu pedalando, foi arrastado pela enxurrada e levado para debaixo de um carro. O velório dele é realizado nesta segunda-feira (4) em Santa Luzia, na região metropolitana da capital. 

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/idosa-morre-soterrada-enquanto-dormia-apos-chuva-forte-em-muriae-1.2431160
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]