Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Instituto francês identifica variante com 46 mutações

    Entidade dirigida pelo polêmico Didier Raoult identificou 12 casos de nova mutação do coronavírus que pode ter surgido no Camarões

    Por Plox

    04/01/2022 22h59 - Atualizado há 7 meses

    Uma nova variante do Sars-Cov-2 foi descoberta na França, de acordo com um artigo científico publicado por pesquisadores Instituto Hospitalar Universitário (IHU) de Marselha na plataforma Medrxiv. A nova cepa, que recebeu o nome técnico de B.1.640.2,  já teria sido identificada em 12 pacientes do Sul do país e a origem estaria em uma pessoa que esteve no Camarões.

    O estudo ainda não foi revisado por pares. Vale destacar que o IHU é dirigido pelo médico Didier Raoult, que ganhou fama mundial por defender o uso da hidroxicloroquina como tratamento para a Covid. Em dezembro, o polêmico médico foi advertido pelo Colégio de Médicos de Bordeaux por “divulgar nos círculos médicos um procedimento de tratamento novo e insuficientemente testado”.

    Coronavírus

     

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda não se manifestou sobre essa possível nova variante detectada em Marselha. Até hoje, pelo menos 14 cepas do coronavírus foram monitoradas pela organização, sendo cinco consideradas de preocupação (incluindo a gama, a delta e a ômicron).

    De acordo com o artigo publicado no dia 29 de dezembro, a nova cepa do SARS-CoV-2 tem 46 mutações, incluindo uma que está associada a um possível aumento de contágios. A ômicron, que se espalha pelo mundo neste momento, tem 50 mutações. 

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/instituto-frances-identifica-variante-com-46-mutacoes-1.2591765
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]