Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Médica mineira que mandou cortar pênis do ex é investigada por torturar marido

    A suspeita postava nas redes sociais agressões e humilhações ao homem , que aparentava estar sob efeito de remédios

    Por Plox

    04/02/2022 18h27 - Atualizado há 3 meses

    Condenada por ter mandado cortar o pênis do marido, a médica mineira  Myriam Priscila de Rezende Castro, de 41 anos, passou a ser  investigada pela Polícia Civil de São Paulo por agredir e torturar o marido em Tremembé, no interior do Estado paulista. A suspeita postava nas redes sociais agressões e humilhações ao homem, que aparentava estar sob efeito de remédios. 

    De acordo com a Polícia Civil de São Paulo, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa da médica nesta quarta-feira (2), onde foram encontrados um homem, de 29 anos, com várias lesões corporais, dois meninos, gêmeos, de 6 anos, filhos da suspeita, e uma idosa, também com lesões. 

    Vítima chegou a fazer uma tatuagem em homenagem a mulher.

    Vítima chegou a fazer uma tatuagem em homenagem a mulher.
    Foto: Rperodução redes sociais.

     

    O homem confirmou ser a pessoa que aparece nas imagens das redes sociais sendo agredida. Ele disse que ele e as outras vítimas vítimas ficaram com a mulher por causa da dependência financeira. Nas imagens postadas na internet, a médica chama o marido de vagabundo e torce o braço dele, enquanto o homem diz que está sendo machucado. 

    "O Conselho Tutelar foi acionado, além da Polícia Técnico Científica. Foram solicitados exames ao IML (Instituto Médico-Legal) para as vítimas", informou a polícia paulista por nota. A médica não foi encontrada. 

    Animais congeladas

    Além das agressões ao marido, a Polícia Civil encontrou uma péssima condição de higiene na casa com fezes de animais por toda parte. A residência tinha 15 cães, ratos, uma cobra, um coelho e uma porca. Esses animais foram apreendidos. 

    Foram encontrados ainda no freezer da residência um cachorro, um coelho e um pássaro. "O caso foi registrado como tortura, lesão corporal, cumprimento de mandado de busca, matar espécimes de fauna silvestre, praticar ato de abuso a animais e expor perigo a integridade e saúde do idoso pela Delegacia de Tremembé. As investigações prosseguem visando a localização da suspeita", concluiu a Polícia Civil. 

    Outros crimes

    Myriam Priscila foi condenada em 2013 há seis anos de prisão por ter mandado cortar o pênis do ex-marido. O caso ocorreu em 2002, quando pouco antes do casamento, a vítima decidiu terminar o relacionamento e a médica contratou um grupo de criminosos para multilar o ex. 

    Ela também responde por tentar matar uma mulher em Barbacena, no Campo das Vertentes, em Minas Gerais. 

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/medica-mineira-que-mandou-cortar-penis-do-ex-e-investigada-por-torturar-marido-1.2607601
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]