Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Morre mulher vítima de desabamento de casa em Fabriciano

    Ela foi socorrida em estado grave na noite de terça-feira (3), mas nesta madrugada não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no hospital

    Por Plox

    04/11/2021 12h40 - Atualizado há 28 dias

    Na madrugada desta quarta-feira (4), uma mulher, de 33 anos, morreu no Hospital José Maria de Moraes, em Coronel Fabriciano-MG, após ser vítima de desabamento de casa ocorrido na noite de terça (3). Ela havia sido socorrida em estado grave.

    O Corpo de Bombeiros informou que Veralice Cesário Marchado foi socorrida já em parada cardiorrespiratória. Não foi divulgado mais informações a respeito do óbito.

    De acordo com os registros de ocorrências durante o período chuvoso de 2021/2022, está pode ser a segunda morte em Minas Gerais em decorrência das tempestades. A primeira ocorreu em Uberaba, no Triângulo Mineiro, em outubro, quando uma mulher, de 35 anos, morreu após seu carro ser levado pela enxurrada.

    O acidente

    Na noite dessa terça-feira (3), parte de uma residência desabou sobre uma mulher, de 33 anos, na rua Dona Coleta, no bairro Júlia Kubitschek, em Coronel Fabriciano, Minas Gerais. A vítima foi socorrida em estado grave ao hospital José Maria de Moraes.

    Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a estrutura da casa cedeu por conta das fortes chuvas dos últimos dias na região. A mulher ficou presa embaixo dos escombros sendo constatado que ela se encontrava em parada cardiorrespiratória. 

    Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

     

    Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

     

    A vítima, que é a moradora, foi transportada por uma ambulância do Corpo de Bombeiros. Ela foi internada em estado grave e não foram repassadas mais informações sobre seu estado de saúde.

    Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

     

    A casa que partilhava do muro com a residência avariada, também teve a estrutura danificada. Uma família de quatro pessoas que moram no imóvel foi retirada, por ameaça à segurança das pessoas. Eles foram orientados e acompanhados para se retirar do local. Os mesmos se destinaram para o domicílio de parentes. 

    Foi tentado contato com a Defesa Civil do Município, porém, sem sucesso. Ambas as residências que apresentavam riscos foram isoladas e na manhã dessa quarta-feira (3). A perícia da Polícia Civil compareceu ao local sendo acompanhado pelos militares durante sua atuação. 


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]