Ipatinga

famosos

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Caso Melhem: Globo diz não ‘tolerar comportamento abusivo’

    Após grande repercussão do caso nas redes, Globo emitiu nota oficial falando sobre o assunto

    Por Plox

    04/12/2020 17h57 - Atualizado há cerca de 1 ano

    Depois de vir a tona mais um capítulo da acusação de assédio contra Marcius Melhem, a Globo se pronunciou e disse que “não tolera comportamentos abusivos em suas equipes”. Logo após a matéria da revista Piauí mostrando mais detalhes sobre o episódio, a empresa fala que “apura criteriosamente” as acusações dessa natureza.

     

    Caso Melhem: Globo diz não 'tolerar comportamento abusivo'

    Crédito: DivulgaçãoCaso Melhem: Globo diz não ‘tolerar comportamento abusivo’

    No entando, a emissora fala que não vai comentar sobre a apuração das denúncias por questões de “sigilo do processo”. Marcius Melhem, que foi demitido da Globo em agosto deste ano, está sendo acusado de assédio de assédio sexual por fontes ouvidas pela revista piauí, e entre elas a humorista e atriz Dani Calabresa.

    Os relatos dizem que ele forçou o beijo na comediante durante uma festa do elenco do “Zorra Total” em 2017, além de ter lambido seu rosto e exposto o pênis a ela.

    Segundo os 43 relatos entrevistados pelo veículo jornalístico, sendo duas vítimas de assédio sexual, sete de assédio moral e mais três de ambos os comportamentos. Os episódios teriam acontecido no ambiente de trabalho e também fora dele.

    Leia a nota na íntergra

    “A Globo não comenta questões de compliance, mas reafirma que todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes e incentiva que qualquer abuso seja denunciado. Neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo. Por esse Código, assumimos o compromisso de sigilo do processo, assim como o de investigar, não fazer comentários sobre as apurações e tomar as medidas cabíveis, que podem ir de uma advertência até o desligamento do colaborador. Mesmo nas hipóteses de desligamento, as razões de compliance não são tornadas públicas.

    Somos muito criteriosos para que os estilos de gestão estejam adequados aos comportamentos e posturas que a Globo quer incentivar e para que as medidas adotadas estejam de acordo com o que foi apurado. Não foi diferente nesse caso. O acolhimento e a empatia com quem relata situações de violação do Código de Ética são pontos essenciais do programa de compliance da empresa.

    Isso não quer dizer que os processos de compliance sejam estáticos. Ao contrário. Eles evoluem constantemente para acompanhar as discussões da sociedade. As práticas e as avaliações são revistas o tempo inteiro, assim como são propostas e acolhidas sugestões de melhoria nos mecanismos de comunicação interna. A própria sociedade está se transformando e a empresa acompanha esse processo”, diz a empresa em nota oficial.

    Fonte: https://catracalivre.com.br/entretenimento/caso-melhem-globo-diz-nao-tolerar-comportamento-abusivo/
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]