Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Remédio para gota reduz em 21% risco hospitalização e morte

    Conclusão é de estudo conduzido pelo Instituto do Coração de Montreal e aponta resultados promissores no uso da colchicina

    Por Plox

    05/02/2021 13h04 - Atualizado há 9 meses

    Um medicamento usado no tratamento artrite gotosa, ou gota, apresentou resultados animadores contra a covid-19, em um estudo conduzido pelo Instituto do Coração de Montreal, no Canadá. O artigo, ainda não revisado por pares, mostra que a droga colchicina foi capaz de reduzir em 21% o risco de hospitalizações ou mortes entre pessoas infectadas.

    As conclusões foram publicadas no servidor de pré-impressão de trabalhos acadêmicos medRxiv na semana passada. 

     

    Pesquisa envolveu mais de 4.000 participantes em seis países entre março e dezembro de 2020 J
    Pesquisa envolveu mais de 4.000 participantes em seis países entre março e dezembro de 2020JORGE HELY/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 27.1.2021

     

    Foram analisados dados de 4.159 pacientes com diagnóstico positivo de covid-19 entre março e dezembro de 2020 nos Estados Unidos, Canadá, Espanha, África do Sul, Brasil e Grécia.

    Eles foram separados em dois grupos, sendo que cerca da metade recebeu 0,5 mg de colchicina duas vezes ao dia por três dias e uma vez ao dia por um mês.

    Os demais foram submetidos ao mesmo esquema de dosagem, mas com placebo (um comprimido sem efeito). Nenhum paciente sabia em qual braço do estudo estava.

     

    Nos pacientes que tomaram a colchicina, houve redução de 25% das hospitalizações. Dentre os que foram hospitalizados, 50% não precisaram de ventilação mecânica. E a redução de mortes foi de 44%, quando comparados ao grupo placebo. 

    Como qualquer medicamento, a colchicina oferece risco de efeitos adversos que precisam ser considerados — e por isso, só deve ser tomada por prescrição médica.

    Um quarto dos que receberam a droga teve reações relacionadas a ela, enquanto no grupo placebo, foram 15,5%.

     

     

    Os efeitos colaterais mais frequentes em quem tomou a colchicina foram diarreia e náuseas, segundo o artigo.

    Embora ainda precise passar pela revisão de cientistas independentes, o pesquisador principal do estudo, Jean-Claude Tardif, comemorou os resultados em um comunicado divulgado pelo Instituto do Coração de Montreal.

    “Nossa pesquisa mostra a eficácia do tratamento com colchicina na prevenção do fenômeno da 'tempestade de citocinas' e na redução das complicações associadas à covid-19. [...] Temos o prazer de oferecer o primeiro medicamento oral do mundo cujo uso pode ter um impacto significativo na saúde pública e potencialmente prevenir complicações da covid-19 para milhões de pacientes", disse o médico, que é diretor do Centro de Pesquisa do Instituto do Coração de Montreal e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Montreal.

     

    Entre as limitações da pesquisa, chamada de ColCorona, os autores salientam que houve "necessidade percebida de divulgar os resultados do estudo rapidamente" devido ao contexto da pandemia.

    "A evolução dos sintomas persistentes de covid-19 e os efeitos do tratamento de longo prazo com colchicina não foram avaliados. O benefício de um curso mais curto de terapia com colchicina por menos de 30 dias também não é totalmente conhecido, embora os resultados de um pequeno estudo aberto tenham mostrado benefícios do tratamento administrado por até 3 semanas", acrescentam.

    Porém, concluem, os "resultados se aplicam a pacientes que têm diagnóstico comprovado de covid-19, estão em risco de complicações clínicas e não estão hospitalizados no momento do início do tratamento".

    O ColCorona foi financiado pelo governo de Quebec, pela Fundação Bill e Melinda Gates, pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos e pela atriz e filantropa canadense Sophie Desmarais.

    Fonte: https://noticias.r7.com/saude/covid-remedio-para-gota-reduz-em-21-risco-hospitalizacao-e-morte-05022021
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]