Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Só fechar o comércio não é suficiente para conter Covid-19 em BH, diz médico

    Para especialista, é preciso haver uma coordenação entre os municípios da região metropolitana para evitar um colapso

    Por Plox

    05/03/2021 18h38 - Atualizado há 8 meses

    Dois entre cada três pacientes com Covid internados em Belo Horizonte são de outros municípios, especialmente da região metropolitana, como Santa Luzia, Ribeirão das Neves e Nova Lima. Mas com a taxa de transmissão alta na capital (Rt de 1,18), é possível faltar leitos para moradores de BH e cidades vizinhas nos próximos dias?

    Conforme dados dos boletins epidemiológicos da Prefeitura de Belo Horizonte, houve um crescimento de 19% na média móvel de casos na capital nas duas últimas semanas. Na quarta-feira (3), a cidade registrou 359,4 infectados pelo coronavírus a cada 100 mil habitantes. Dos 575 leitos de UTI disponíveis em BH para pacientes com a doença, somente 147 estão disponíveis.

    O funcionamento do comércio nas cidades vizinhas refletem na ocupação de leitos em BH  Foto: Uarlen Valério/Arquivo O Tempo
    O funcionamento do comércio nas cidades vizinhas refletem na ocupação de leitos em BHFoto: Uarlen Valério/Arquivo O Tempo

     

    Para Ivan Beck, professor do Departamento de Ciências Administrativas da UFMG e especialista em gestão pública, fechar o comércio não essencial somente na capital não é suficiente para conter a aceleração da epidemia e uma consequente pressão sobre o sistema de saúde. É preciso haver uma coordenação de ações entre os municípios da Região Metropolitana, onde vivem mais de 5 milhões de habitantes.

    “Deveria haver uma ação coordenada, se não entra em um desequilíbrio de iniciativas contra a pandemia. Se Belo Horizonte não pode fechar as fronteiras, porque isso seria impossível, muitas pessoas continuarão vindo para cá com problemas provocados pela Covid”, disse o professor. “Se a epidemia não for contida em toda a região, haverá filas de pessoas à espera de UTI em várias cidades nas próximas semanas, porque não haverá vagas na capital”.

    Nesta quarta-feira (3), o Comitê de Enfrentamento à Covid de Belo Horizonte decidiu não fechar o comércio não essencial por pelo menos mais uma semana. Em janeiro, quando os estabelecimentos foram fechados, várias cidades fronteiriças não acompanharam a decisão.

    89 CIDADES PEDIRAM SOLICITARAM INTERNAÇÃO

    Segundo a Secretaria Municipal de Saúde da capital, entre março de 2020 e fevereiro de 2021, 89 municípios do interior solicitaram internação na capital para casos suspeitos de Covid-19. Nesse período, essas cidades do interior foram responsáveis por 11% das solicitações de internação em enfermaria e por 28% nas demandas por UTI.

    Considerando apenas os dois primeiros meses de 2021, 49 municípios do interior solicitaram internação na capital para casos suspeitos de Covid-19, sendo que as cidades que mais demandaram transferências foram Nova Lima e Sabará.

    De acordo com o boletim epidemiológico de Belo Horizonte, hoje existem 5.726 moradores infectados que ainda estão se recuperando (isolamento domiciliar ou internação), número 21% maior do que há duas semanas.

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/so-fechar-o-comercio-nao-e-suficiente-para-conter-covid-19-em-bh-diz-medico-1.2455378
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]