Ipatinga

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Prova de vida: veja quem pode pedir a visita de um perito em casa

    NSS voltou a exigir que segurado vá à agência bancária onde recebe benefício para efetivar a comprovação

    Por Plox

    05/06/2021 12h39 - Atualizado há cerca de 1 ano

    A prova de vida voltou a ser obrigatória desde o dia 1º de junho para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Alguns segurados e pensionistas que cadastraram a biometria para CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou título de eleitor poderão fazer a confirmação de forma digital diretamente de casa.

    Eles foram selecionados pelo INSS para participar do projeto piloto de prova de vida digital pelo aplicativo gov.br. Alguns bancos também permitem o reconhecimento remoto em seus aplicativos.

     

     

    Os demais segurados devem comparecer à agência na qual recebem o benefício para fazer a comprovação.

    "A exceção dessa exigência é para aposentados ou pensionista com 80 anos ou mais, independentemente de o segurado ter ou não alguma comorbidade", diz Luiz Gustavo Bertolini, advogado especialista em direito previdenciário do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados.

    O agendamento da visita de um perito médico do INSS deve ser feito pelo Meu INSS. Mas atenção: segurados com dificuldade de locomoção devem apresentar um documento que comprove a complexidade que comprove a sua falta de mobilidade.

     

     

    INSS voltou a exigir prova de vida presencial PEDRO FRANÇA/AGÊNCIA SENADO - 11.02.2019
    INSS voltou a exigir prova de vida presencialPEDRO FRANÇA/AGÊNCIA SENADO - 11.02.2019

     

     

    Não há uma lista de doenças ou comorbidades classificadas no processo de solicitação de perícia em domicílio. Porém, Bertolini destaca algumas doenças que podem ser consideradas. Entre elas, estão:

    • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida).
    • Alienação mental.
    • Cardiopatia grave.
    • Cegueira (inclusive monocular).
    • Contaminação por radiação.
    • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante).
    • Doença de Parkinson.
    • Esclerose múltipla.
    • Espondiloartrose anquilosante.
    • Fibrose cística (Mucoviscidose).
    • Hanseníase.
    • Nefropatia grave.
    • Hepatopatia grave.
    • Neoplasia maligna (câncer).
    • Paralisia irreversível e incapacitante.
    • Tuberculose ativa.

    "Em meio à pandemia, eu acredito que um segurado que não tenha dificuldades de locomoção, porém, a ida à agência bancária pode oferecer algum risco à sua saúde, pode solicitar a prova de vida em domicílio. Ele só precisa comprovar isso com um laudo médico."

     

    Confira o passo a passo:

    Logue no Meu INSS

    Para acessar o site é preciso cadastrar usuário e senha no site gov.br. Se você já tiver realizado o cadastro, ao digitar usuário e senha o site te direcionará automaticamente para Meu INSS.

    Acesse a opção Prova de Vida

    Depois de entrar no Meu INSS, acesse a opção Prova de Vida e depois "Solicitar Prova de Vida - Dificuldade de Locomoção - Atendimento a distância".

    Ao avançar na solicitação, é preciso anexar o laudo que comprove a sua dificuldade de locomoção. O arquivo não pode ultrapassar 50MB.

    Atenção: é obrigatório apresentar documento que comprove a dificuldade de locomoção. Portanto, guarde o laudo original para apresentá-lo ao servidor do INSS, no dia da visita em que será realizada a prova de vida.

    Fonte: https://noticias.r7.com/economia/economize/prova-de-vida-veja-quem-pode-pedir-a-visita-de-um-perito-em-casa-05062021
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]