Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    André Mendonça deve ser a indicação para ministro de Bolsonaro

    A indicação é feita após a aposentadoria de um dos ministros titulares

    Por Plox

    06/07/2021 20h51 - Atualizado há 5 meses

    O advogado-geral da União, André Mendonça, deve ser indicado ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo presidente Jair Bolsonaro. Em uma reunião ministerial nesta manhã (6), o presidente teria informado aos seus assessores sobre a indicação nos próximos dias.

    A indicação é feita após a aposentadoria de um dos ministros titulares. No dia 12 de julho, o ministro Marco Aurélio Mello deve se aposentar e a oficialização de André pode ocorrer após a saída. A informação foi publicada pelo jornalista Lauro Jardim, do jornal "O Globo".

    Foto: Agência Brasil

     

    André Mendonça é pastor presbiteriano e se encaixa aos requisitos de indicação de Bolsonaro do próximo ministro ser “terrivelmente evangélico”. Após essa afirmação, o advogado-geral já vinha sendo cotado para assumir a vaga. A expressão foi usada em um discurso de Bolsonaro em uma sessão na Câmara dos Deputados, no dia 10 de julho de 2019. 

    Naquela ocasião, o presidente parafraseou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, ao falar sobre uma de suas indicações para vaga no Supremo. "Poderei indicar dois ministros para o Supremo Tribunal Federal. Um deles será terrivelmente evangélico”, disse aos presentes naquele momento.

    Segundo informações de bastidores, André deve sofrer resistência de alguns senadores, que ainda vão sabatiná-lo. No entanto, Mendonça seria bem recebido pelos membros da corte de ministros.  


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]