Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Menino de 12 anos que vendia pastel é morto por causa de R$1 em Minas

    Kaike Júnior Moreira da Silva vendeu pastéis para os filhos da suspeita; ao cobrar R$ 1 que estava faltando no pagamento, foi golpeado nas costas pela mulher

    Por Plox

    07/01/2021 15h48 - Atualizado há 11 meses

    Um menino de 12 anos que vendia pastel de casa em casa na cidade de Rubim, no Vale do Jequitinhonha, foi assassinado a facadas por uma mulher de 39 anos. O motivo teria sido uma cobrança no valor de R$ 1. O crime ocorreu nessa quarta-feira (6). 

    De acordo com a Polícia Militar, Kaike Júnior Moreira da Silva vendeu pastéis para os filhos da suspeita e, na hora de conferir o valor pago, viu que faltava R$ 1. Ele, então, cobrou o dinheiro. Houve uma discussão entre a vítima e as crianças, mas como não conseguiu o dinheiro, o menino deu as costas e foi embora. Nesse momento, a mãe das crianças foi atrás do adolescente e deu uma facada nas costas dele. 

    Já ferido, o menino saiu pela rua pedindo ajuda e caiu na calçada. Ele foi levado para um hospital da cidade por moradores, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

    A suspeita se trancou dentro de casa e deixou cinco facas do lado de fora. Uma delas estava suja de sangue. 

    A mulher se entregou, foi presa em flagrante e levada para a Delegacia de Polícia Civil de Almenara, na mesma região. O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Almenara.

    Pelas redes sociais, conhecidos da vítima lamentaram o acontecimento. "Que notícia triste! Ele estava trabalhando para ajudar a família e acontece uma tragédia dessa!". 

    Kaike ajudava a mãe na renda da casa vendendo salgados
    Kaike ajudava a mãe na renda da casa vendendo salgadosFoto: Reprodução Facebook
    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/menino-de-12-anos-que-vendia-pastel-e-morto-por-causa-de-r-1-em-minas-1.2432523
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]