Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Vídeo mostra momentos antes de idoso ser morto a tiros no Vale do Aço

    Nas imagens é possível ver a vítima correndo do acusado

    Por Plox

    07/01/2022 14h25 - Atualizado há 6 meses

    Um vídeo, que circula em grupos de WhatsApp, mostra momentos antes do idoso Roldão Gonçalves da Cruz, de 69 anos, ser morto a tiros, na rua Ephren Macedo, no bairro dos Professores, em Coronel Fabriciano, Minas Gerais.

    Segundo as informações, Roldão teria sido baleado por um homem de 50 anos. O acusado do crime teria feito diversas ameaças a Roldão, que tinha um relacionamento com a ex do autor. A mulher, inclusive, teria dito aos policiais que tem um medida protetiva contra o acusado. Veja o vídeo:

     

    Nas imagens é possível ver que o acusado corre atrás de Roldão que, em determinado momento, tenta fazer com que o homem pare, porém, é agredido pelo indivíduo com socos e chutes.

    Matéria atualizada às 15h36 do dia 08/01/2022

     

    O crime

    Roldão foi morto após ser baleado em uma discussão. Após o recebimento de ligações via 190, informando que um indivíduo estaria efetuando disparos contra outro em via pública, perseguindo-o, as guarnições da Polícia Militar foram para o local, onde encontraram dois veículos parados no meio da via, com a porta do motorista aberta, sendo que um veículo Fiat/Siena estava atrás de um veículo Chevrolet/Onix.

    Uma das equipes policiais visualizou o acusado vindo em direção aos veículos, provavelmente para entrar no Fiat/Siena, que seria dele, e fugir, porém, ao perceber a presença da viatura, ele tentou correr, escorregou no solo molhado e caiu, deixando cair o revólver utilizado no crime.

    Foto enviada ao WhatsApp do Plox

     

    Conforme os relatos dos militares, ao se levantar pegou a arma e a lançou há alguns metros de distância. Essa equipe policial o abordou, realizou sua prisão e encontrou a arma. Denúncias informaram que, após pararem os veículos e os motoristas desceram, o acusado começou a efetuar disparos em direção à vítima, que começou a correr na rua, acessando a avenida Julita Pires Bretas, onde após os ferimentos, a vítima caiu dentro do ribeirão.

    No trajeto feito pelos envolvidos, foram encontrados estojos deflagrados, intactos, com espoleta picotada e projéteis, além de marcas de sangue, que estavam no capô do carro e na via no decorrer do trajeto percorrido.

    Foto enviada ao WhatsApp do Plox

     

    Segundo uma testemunha, filho da vítima, o autor já havia proferido várias ameaças a seu pai, em virtude do relacionamento que a vítima tinha com uma mulher. Em contato com essa mulher, que esteve no local dos fatos, esta relatou que possui medida protetiva contra o autor e que ele não se conformava com o relacionamento. O acusado foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]