Ipatinga: motorista de aplicativo é preso após levar menores de idade em motel

O autor foi preso em flagrante pelo crime de corrupção de menores. Seu veículo foi removido por um guincho credenciado e encaminhado ao pátio

Por Plox

07/05/2023 16h08 - Atualizado há cerca de 1 ano

Um motorista de aplicativo foi preso e teve seu veículo apreendido na manhã deste domingo por praticar corrupção de menores. O homem de 25 anos teria levados três adolescentes, de 17, 14 e 15 anos, em um motel situado no bairro Jardim Panorama, em Ipatinga, no Vale do Aço.

O autor revelou aos militares  que foi chamado para buscar as menores em uma festa no bairro Amaro Lanari, em Coronel Fabriciano, e levá-las para suas casas. Durante o trajeto, ele questionou o que as jovens pretendiam fazer e, segundo ele, elas disseram querer ir a um bar no bairro Bom Retiro, em Ipatinga. No entanto, o motorista propôs que fossem a um motel Monte que ele bancaria bebidas e reservaria uma suíte com hidromassagem.

Posteriormente, um amigo do profissional chegou a pé ao motel e dirigiu-se à suíte onde estavam as menores e o rapaz. De acordo com o relato das jovens, nenhuma delas quis se envolver sexualmente com os dois homens, o que levou o colega do motorista deixar o local. O autor afirmou que o sujeito prometeu enviar um PIX para pagar a dívida no motel, porém não o fez.

No local, a testemunha, funcionária do estabelecimento, relatou aos militares que o condutor do veículo pretendia deixar o local sem quitar sua dívida. Ainda segundo a colaborada, o autor teria intimidado os responsáveis pelo motel, afirmando que estava acompanhado por quatro menores de idade em um dos quartos e que, caso não o deixassem ir embora, eles enfrentariam consequências.

Desdobramentos e falta de pagamento

A testemunha, que trabalha como recepcionista no motel, informou que iniciou seu turno pela manhã e que outra recepcionista havia atendido. A nota fiscal do estabelecimento, no valor de R$ 436,00 não foi paga pelo autor.

Tentativa de contato com o Conselho Tutelar

Os militares tentaram contato telefônico com o Conselho Tutelar de Coronel Fabriciano, sem sucesso. Ao entrar em contato com o Conselho Tutelar de Ipatinga, foram informados de que eles não atendem ocorrências envolvendo menores de outros municípios. A mãe de uma das menores acompanhou as jovens durante a ocorrência e afirmou conhecer todas elas, que costumam frequentar sua residência.

Prisão do autor e remoção do veículo

O autor foi preso em flagrante pelo crime de corrupção de menores. Seu veículo foi removido por um guincho credenciado e encaminhado ao pátio.

Veja também:

Morte em motel de BH: homem morre após consumir drogas e tentar matar esposa

 

Destaques