Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Bolsonaro vai regular perdão de dívidas do Fies na quinta, mas critica programa

    Para o presidente, programa de financiamento estudantil 'virou um negócio' durante os governos do PT, que elevou a quantidade de centros universitários e alunos beneficiados no país

    Por Plox

    08/02/2022 09h52 - Atualizado há 5 meses

    O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que vai regulamentar as regras para a renegociação de dívidas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) na quinta-feira desta semana (10). O “perdão”, que vai abater até 92% dos débitos de estudantes inadimplentes, está previsto em Medida Provisória assinada por ele no final de 2021.

    Apesar de afirmar que vai colocar a renegociação de dívidas em prática, Bolsonaro criticou o Fies. Ele destacou que o programa “virou um negócio” durante os governos do PT que, segundo o presidente da República, elevou de forma significativa o número de centros universitários e beneficiários.

     

    Presidente Jair Bolsonaro (PL) em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada Foto Foto: Reprodução/YouTube

    “Não dá para consertar esse caos cheio de problema de uma hora para outra, não é? Nós vamos essa semana, quinta-feira, acertar aqui, regulamentar a questão do Fies. Os 1,07 milhão jovens que fizeram curso superior não iam pagar a conta, não têm como pagar. E daí não podem fazer negócio, fica difícil a vida deles”, disse Bolsonaro a apoiadores nesta segunda-feira (7).

    “O Fies é um bom programa feito com responsabilidade. O que a ‘esquerdalha’ fez? Criou 1 trilhão de universidades pelo Brasil. Virou negócio, virou negócio. Quem sabe, acompanha um pouquinho, vê o que aconteceu”, continuou. “Não é só 1,07 milhão, são quase 3 milhões de moleques. Os outros estão inadimplentes parcialmente. Agora, não é justo você perdoar lá atrás e [dizer para] quem está adimplente: ‘continua pagando aí’. Vai continuar pagando, mas vai ter um bom desconto para ele”, completou.

    O Fies é usado por estudantes que não conseguem arcar com as mensalidades do curso. Na prática, o programa subsidia mensalidades em cursos de graduação de alunos matriculados em instituições privadas de educação superior. O financiamento é feito com taxas de juros e encargos mais baixos do que os praticados no mercado e pode ser quitado após o fim do curso.

    A MP que trata da renegociação das dívidas para estudantes que contrataram o Fies até o segundo semestre de 2017 já está em vigor, mas ainda precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional para virar lei. As novas regras permitem a concessão de descontos em juros e multas, o parcelamento dos débitos e a troca ou oferta de garantias.

    Fonte: https://www.otempo.com.br/politica/governo/bolsonaro-vai-regular-perdao-de-dividas-do-fies-na-quinta-mas-critica-programa-1.2608723
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]