75% dos hospitais privados só têm oxigênio e kit intubação para 5 dias

Associação das empresas particulares alerta para situação de grave escassez dos insumos necessários para tratar pacientes com Covid-19

Por Plox

08/04/2021 11h32 - Atualizado há 14 dias

Doentes com coronavírus estão lotando hospitais públicos e particulares no Brasil todo, e os insumos estão acabando. A Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) informou nesta quarta (7/4) que 75% de seus filiados que responderam a uma pesquisa informaram que só têm o abastecimento garantido de oxigênio, anestésicos e kit intubação por mais cinco dias.

 

A entidade definiu a situação como de “grave escassez” para a maioria dos 88 hospitais que responderam. A Anap informou que trabalha para informar o Ministério da Saúde sobre o desabastecimento de insumos e tentar sanar os casos mais graves. A facilitação de trâmites para a importação desses produtos é tema de interlocução entre empresas e governo.

Oxigênio
Vinícius Schmidt/Metrópoles
 

 

 

Oxigênio

Hospitais privados de Belém (PA), Belo Horizonte (BH), Blumenau (SC), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP) relataram estoques de oxigênio em nível crítico; 62,5% deles só tem para uma semana.

 

Hospital Ronaldo Gazolla, referência no tratamento de Covid no Rio de janeiro pacientes uti

O plantão do Ronaldo Gazolla reúne 3.248 profissionais de saúde: 548 médicos, 346 fisioterapeutas, 630 enfermeiros e 1.368 técnicosAline Massuca/Metrópoles

goias ronaldo caiado inaugura leito de uti

Goiás totaliza 1.302 leitos exclusivos para pacientes da Covid-19Divulgação/SES-GO

Enterros no cemitério do Caju

Enterros no cemitério do Caju, zona norte do Rio. Muitas covas sendo abertas diariamente devido ao aumento do número de mortosAline Massuca/Metrópoles

 

DF na lista

Em relação aos anestésicos, 23 hospitais participantes também contam com estoque inferior ou igual a cinco dias. Eles são de cidades como Atibaia (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Bento Gonçalves (RS), Blumenau (SC), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Cariacica (ES), Ipatinga (MG), Joao Pessoa (PB) e Niterói (RJ), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP) e Serra (ES).

 

 

 

Sobre os medicamentos que compõe o chamado “kit intubação”, como anestésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares, essenciais para o tratamento das pessoas em estado mais grave da doença, o levantamento também mostra que eles estão escassos em instituições de saúde dos mesmos locais citados acima, incluindo ainda as cidades de Cariacica (ES) e Juiz de Fora (MG), totalizando 27 hospitais privados em situação crítica, com estoque igual ou inferior a cinco dias.

 

Avanço da Covid-19 no país

O Brasil contabilizou nesta quarta-feira (7/4), média móvel diária de 2.751 óbitos por Covid-19, quantidade um pouco menor do que a registrada nessa terça-feira (2.757), quando o país bateu seu recorde de mortes registradas em 24 horas, com 4.195 óbitos.

Foram 3.829 mortes e 92.625 novos infectados registrados nas últimas 24 horas em todo o país. Os dados são do mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

 

No total, o Brasil já perdeu 340.776 vidas para a doença e computou 13.193.205 casos de contaminação.

Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/75-dos-hospitais-privados-so-tem-oxigenio-e-kit-intubacao-para-5-dias
PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021