Após estalar o pescoço homem sofre derrame nos Estados Unidos

08/05/2019 06:55

Na emergência do hospital ele teve a informação de que poderia ter morrido

Publicidade

Mais um caso de derrame foi registrado no mundo após a vítima estalar o pescoço. No mês de março, uma londrina de 23 anos rompeu uma artéria a partir do movimento, agora, veio a público o caso de um homem de 28 que passou pelo mesmo problema.

Josh Hader, morador de Guthrie, em Oklahoma (EUA), foi hospitalizado depois de se alongar e sofrer um derrame em 14 de março. Ele estava em casa trabalhando e ao sentir um incômodo na região do pescoço, o esticou. Quando aplicou um pouco mais de pressão, ouviu um forte estalo e teve dormência no lado esquerdo. Ao pegar gelo para comprimir no local, Josh começou a se preocupar: “Eu literalmente não conseguia andar em linha reta. Estava quase andando direto para a esquerda”.

HOMEM QUASE MORRE AO ESTALAR O PESCOÇO E SOFRER DERRAME. (FOTO: REPRODUÇÃO/THE WASHINGTON POST)

Josh Hader, morador de Guthrie, se recupera do derrame causado pelo estalar do pescoço- Foto: Reprodução/The Washington Post

Ele foi para a emergência com o derrame ocasionado por um coágulo e teve a informação de que poderia ter morrido, pois rasgou uma artéria. Josh está em recuperação, tentando restabelecer o equilíbrio, a mobilidade esquerda e outros sintomas. Para o médico do Comprehensive Stroke Center no Queen’s Medical Center, Kazuma Nakagawa, a dor repentina no pescoço “pode potencialmente ser o ponto de partida de um acidente vascular cerebral”.

Derrame

Também no mês de março, a londrina Natalie Kunick, de 23 anos, teve a artéria vertebral rompida (derrame) tempos depois de ter estalado o pescoço, quando via um filme com um amigo. Ela estalou o pescoço, mas o barulho foi mais alto que o normal. Após 15 minutos, a jovem caiu, por não sentir a perna esquerda. Natalie relembrou: "Meu amigo veio me ajudar. Ele pensou que eu estava bêbada, mas, no fundo, eu sabia que tinha algo errado".

No caminho para o hospital, os médicos do resgate detectaram que Natalie tinha sofrido um derrame. Já na unidade de saúde, os médicos informaram que a artéria acabou se rompendo quando a jovem estalou o pescoço. O que ocorreu com ela tem chance de uma em 1 milhão de acontecer com uma pessoa.

Atualizada às 14h48



Publicidade