Dois homens são suspeitos de torturar e decepar patas de pit-bull

09/07/2020 13:40

Os criminosos teriam amordaçado o animal com arame farpado. Sansão passou por cirurgia e fará fisioterapia

Um cachorro da raça pit-bull foi torturado e teve as duas patas traseiras decepadas em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Dois homens vizinhos à empresa que guardava o animal são investigados.

SOS sansão

Sansão, de 2 anos, teria pulado o muro do local e confrontado os suspeitos na última segunda-feira (6/7). Para se vingar, eles arrancaram as patas do cão com uma foice. Segundo o dono, Gleidson Justino da Silva, 40 anos, contou ao G1, os homens teriam amordaçado o cachorro com arame farpado.

Silva prestou ocorrência do caso. Um dos suspeitos foi ouvido e liberado logo em seguida. Já o outro conseguiu fugir da mira dos agentes. O caso também está sob os cuidados do Ministério Público.

O tutor contou que o animal perdeu muito sangue. “Fiz a imobilização e levei para a clínica. Ele estava entrando em estado de choque. Depois ele passou pela cirurgia para reduzir as patas”, disse a veterinária Júlia Santiago, que atendeu o animal.

Na terça-feira (7/7), Sansão deixou a clínica veterinária e foi transferido para a clínica-escola, onde receberá tratamentos ortopédicos e fisioterápicos.

Em solidariedade ao cão, a ONG SOS Peludinhos Confins organiza um buzinaço no próximo sábado (11/07) contra a tortura de Sansão.

SOS Sansao
REPRODUÇÃO

Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/dois-homens-sao-suspeitos-de-torturar-e-decepar-patas-de-pit-bull