Prefeitura de São Paulo pede que bens de Roberto Carlos sejam penhorados por dívida de IPTU

No imóvel funciona o restaurante do cantor Ed Carlos, conhecido como Reizinho da Jovem Guarda

Por Plox

10/11/2020 11h31 - Atualizado há 22 dias

A Prefeitura de São Paulo pediu que os bens do cantor Roberto Carlos fossem penhorados devido a uma dívida de IPTU. O compositor é dono do imóvel em Cambuci onde funciona o restaurante do cantor Ed Carlos, conhecido como Reizinho da Jovem Guarda. Aos 13 anos, Ed foi convidado para um programa da TV Record, onde ganhou apelido.

Em 2005, a proprietária onde Oscar Teixeira, nome verdadeiro do cantor, tinha um restaurante, pediu o imóvel de volta, na mesma época em que ele sofreu um AVC. Ao saber da história, Roberto Carlos comprou o prédio. De acordo com entrevista de Ed à TV Uol, Roberto nunca havia cobrado aluguel.
 

Entretanto, a Prefeitura de São Paulo entrou na Justiça devido a prestações atrasadas do imóvel referentes ao ano de 2018, somando cerca de R$ 45 mil. O cantor fez o parcelamento das dívidas e apresentou à Justiça o comprovante do pagamento referente à primeira parcela. Segundo a Prefeitura, não houve outros pagamentos.

 

(foto: Reprodução/Instagram)

 

Apesar do pedido da Prefeitura, a Justiça ainda não analisou o pedido de penhora. Ainda segundo o Uol, a assessoria de Roberto Carlos apontou que a dívida é do inquilino e será paga, mas que os bens do cantor não serão penhorados.

Fonte: https://www.uai.com.br/app/noticia/e-mais/2020/11/09/noticia-e-mais,264674/prefeitura-de-sao-paulo-pede-que-bens-de-roberto-carlos-sejam-penhorad.shtml?utm_source=hardnews&utm_medium=colunmsites&utm_campaign=score&utm_term=addicted
PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2020