Vídeo: helicóptero desaparecido em São Paulo é encontrado após 12 dias

Aeronave com Quatro Pessoas a Bordo Localizada em Mata de Paraibuna; Condição dos Ocupantes Ainda Desconhecida

Por Plox

12/01/2024 11h21 - Atualizado há 5 meses

O helicóptero que havia desaparecido no trajeto entre São Paulo e Ilhabela há 12 dias foi encontrado nesta sexta-feira (12/1) em uma região de mata em Paraibuna (SP). A Polícia Militar do Estado de São Paulo confirmou a localização do helicóptero na rede social X. Não foram fornecidas informações sobre a condição dos quatro ocupantes da aeronave.
 


Veja também: Passageiros de helicóptero desaparecido estão mortos; confirma Polícia




Desaparecimento e Buscas O desaparecimento do helicóptero ocorreu na tarde de 31 de dezembro, quando a aeronave entrou em um trecho de forte neblina durante o percurso. O piloto e uma passageira enviaram vídeos e mensagens relatando a falta de visibilidade e um pouso forçado próximo a uma represa em Paraibuna. Desde o início de janeiro, as buscas contaram com o apoio de helicópteros e aviões da Força Aérea Brasileira, Polícia Militar, Polícia Civil e do Exército, além de esforços em solo por parte da família do piloto e da empresa CBA Investimento.

 

Foto: Reprodução/ X Polícia Militar do Estado de São Paulo @PMESP

 

Tripulação e Mensagens Trocadas A bordo estavam o empresário Raphael Torres, 41 anos, a vendedora Luciana Marley Rodzewics Santos, 46 anos, sua filha Letícia Ayumi Rodzewics Sakumoto, 20 anos, e o piloto Cassiano Tete Teodoro. Mensagens de áudio de Torres e textos de Letícia indicavam a mudança de rota para Ubatuba devido ao mau tempo. O último contato dos tripulantes ocorreu após o pouso forçado.

 

Investigações em Andamento Autoridades investigam a possibilidade de um serviço irregular de táxi aéreo. O piloto Cassiano Teodoro teve problemas anteriores com a Anac, incluindo a cassação de licenças e acusações de voos clandestinos. Teodoro obteve uma nova licença recentemente, mas não estava autorizado a realizar voos com passageiros. A empresa operadora do helicóptero também enfrentava restrições para o transporte aéreo de passageiros. A defesa de Teodoro alega punição indevida e irregularidades na fiscalização da Anac. Áudios entre Teodoro e Jorge Maroum, dono do heliponto em Ilhabela, revelam preocupações com as condições meteorológicas e dificuldades no trajeto.

 

Destaques