Ipatinga

turismo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Chapada, Pirenópolis e outros destinos em Goiás terão Lei Seca no Carnaval

    Municípios seguem orientação de decreto do governo; objetivo é diminuir circulação de pessoas e aglomerações como as ocorridas no Réveillon

    Por Plox

    12/02/2021 16h48 - Atualizado há 8 meses

    Goiânia – A pandemia de coronavírus fez os principais destinos turísticos em Goiás tomarem medidas severas para evitar aglomeração de pessoas na próxima semana. Chapada dos Veadeiros, Pirenópolis e outros locais muito procurados por goianos e brasilienses estão com medidas restritivas num dos períodos preferidos do ano para os brasileiros. Pelo menos quando a situação é permitia.
    A maioria das cidades suspendeu o feriado de Carnaval, restringiu horário de bares e restaurantes e não vai decretar o tradicional ponto facultativo da data para os órgãos públicos. As autoridades prometem pulso firme na fiscalização de irregularidades no período.

    Há uma grande preocupação nos bastidores do Governo de Goiás de que aglomerações, como as do Réveillon nas cidades turísticas, aconteçam de novo e contribuam para o aumento de casos de Covid-19. O feriado de Carnaval neste ano será suspenso para o funcionalismo de todo o estado.

    fiscalizaçao carnaval goias
    Foto: Divulgação/Metrópole

     

    Caldas Novas
    Foto: Divulgação/Metrópole


    Piri e região
    Muito disputada por turistas, inclusive do Distrito Federal, a histórica cidade de Pirenópolis cancelou as festividades de Carnaval neste ano. Além de decretar Lei Seca após as 22h, o município proibiu a circulação de pessoas com coolers, caixas de isopor ou similares pelas ruas.

    Com belas cachoeiras e pousadas, a cidade, que também oferece voos de balão, proibiu a circulação de pessoas portando garrafas, copos ou outros recipientes de vidro. Além disso, estão proibidos acampamentos em locais públicos, churrascos ou outras aglomerações em logradouros públicos, além de shows e quaisquer tipos de som mecânico.

    Pirenópolis não vai decretar ponto facultativo, ao contrário da vizinha Corumbá de Goiás, conhecida pelas grandiosas cachoeiras. O Salto de Corumbá, localizado na cidade, seguirá aberto ao público e deverá cumprir as recomendações de autoridades sanitárias, com limitação de quantidade de pessoas e medidas de higienização.

    Goianésia, que também fica na região e tem Carnaval bastante disputado, não decretará ponto facultativo, mas as festividades públicas estão suspensas. Além disso, a vizinha Jaraguá não terá folia e seguirá com Lei Seca a partir das 22h. Os servidores trabalharão normalmente na próxima semana.


    Chapada
    Na Chapada dos Veadeiros, destino conhecido internacionalmente, a situação também é semelhante. Houve cancelamento do Carnaval em Alto Paraíso de Goiás (que inclui o distrito de São Jorge) e Cavalcante. Nessas cidades, bebidas só podem ser vendidas até as 22h.

    Em Alto Paraíso está proibida, inclusive, a entrega de bebidas alcoólicas entre 22h e 6h. O descumprimento da norma pode resultar em multa e, dependendo do caso, interdição do estabelecimento por um período mínimo de 72 horas, ou até mesmo o cancelamento do alvará sanitário. A prefeitura promete fiscalizar.

    Em Cavalcante, onde fica parte do território Kalunga, o primeiro a ser reconhecido em programa ambiental da Organização das Nações Unidas (ONU), o decreto atual também é severo. A medida proíbe o consumo de bebida alcoólica em locais públicos, como calçadas, ruas e praças, e a venda desses produtos para serem consumidos em estabelecimentos como bares e restaurantes.
     

    Pirenópolis
    Pirenópolis é um dos destinos preferidos de turistas nos feriados prolongados
    A cachoeira Santa Bárbara, conhecida pelas águas azuis, fica em Cavalcante, região da Chapada.

    Fiscalização de bares em Goiânia
    Em Goiânia, a fiscalização das regras da Lei Seca tem sido feita desde janeiro deste ano.

     

    Caldas Novas
    Ao contrário da maior parte das cidades, Caldas Novas, uma das principais atrações turísticas de Goiás, flexibilizou decreto anterior sobre a Lei Seca, permitindo até a meia-noite a abertura de restaurantes, casas noturnas, distribuidoras de bebidas e a comercialização de bebidas alcoólicas.


    No entanto, a cidade, conhecida pelos seus clubes com piscinas de onda e pelas águas quentes, não realizará eventos públicos e irá intensificar a fiscalização a fim de impedir o funcionamento dos que não tiverem autorização da vigilância sanitária.

    Além disso, a Prefeitura de Caldas Novas recuou e decidiu decretar ponto facultativo. Por isso, de segunda-feira (15/2) até as 12h da Quarta-Feira de Cinzas (17/2), funcionários da administração municipal estarão dispensados do trabalho.

    Outra cidade turística do sudeste goiano, Rio Quente, onde fica um dos maiores parques aquáticos do Brasil, também permitirá o funcionamento dos estabelecimentos até a meia-noite, mas não vai decretar ponto facultativo para os servidores, seguindo a posição do governador Ronaldo Caiado (DEM).


    Rio Araguaia e Goiás
    Mais procuradas por turistas para curtirem o Carnaval no Rio Araguaia, três cidades também cancelaram toda a programação da folia, estabeleceram Lei Seca e não vão decretar ponto facultativo. Aragarças, onde haverá barreiras sanitárias na entrada da cidade, autoriza a venda de bebidas até a meia-noite.

    Essa permissão termina duas horas antes, em São Miguel do Araguaia, por onde se chega ao distrito de Luiz Alves, um dos pontos de maior beleza do rio. Assim como em Jaraguá, os servidores terão de trabalhar normalmente no período do Carnaval.

    No oeste do estado, a histórica Cidade de Goiás, antiga capital do estado, que atrai turistas apreciadores da calmaria, adotou a mesma medida em relação ao horário de funcionamento de bares e restaurantes para evitar aglomeração de pessoas. Não haverá ponto facultativo.


    Sem prainhas e folia
    Além de cancelar a folia, a cidade de Três Ranchos, no sudeste goiano, por sua vez, bloqueou o acesso a prainhas e a casas de aluguel. No município não haverá ponto facultativo, assim como em São Simão, onde fica o Lago Azul, a badalada praia dos goianos na região.

    Em Uruaçu, no noroeste goiano, a prefeitura cancelou a programação do Carnaval, mas vai decretar ponto facultativo. A cidade é conhecida por causa do Lago de Serra da Mesa, um dos maiores do país. Shows e demais eventos que causam aglomeração de pessoas também estão proibidos.

    A cidade de Minaçu, conhecida pela artificial Praia do Sol e belas grutas, também suspendeu o Carnaval neste ano, determinando Lei Seca a partir das 22h. Servidores terão de trabalhar normalmente na próxima semana.


    Goiânia
    Mesmo sem ter um Carnaval muito tradicional, a capital goiana tem se tornado conhecida nos últimos anos pelos bloquinhos, a exemplo do que acontece em Brasília (DF). No entanto, neste ano eles não poderão sair, por motivos óbvios.

    A prefeitura tem em vigor um decreto que limita 0 horário de funcionamento dos estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas. A promessa é de que a fiscalização seguirá atenta nos próximos dias, inclusive em relação a festas clandestinas.

    Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/chapada-pirenopolis-e-outros-destinos-em-goias-terao-lei-seca-no-carnaval
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]