Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem escapa da morte após ser baleado em Fabriciano

    Vítima relatou aos policiais que estaria devendo drogas. Ele foi socorrido pelo SAMU até o hospital

    Por Plox

    13/03/2021 11h58 - Atualizado há mais de 1 ano

    Na noite dessa sexta-feira (12), um homem foi vítima de uma tentativa de homicídio na esquina das ruas Escócia e Bolívia, no bairro Santa Cruz, no município de Coronel Fabriciano-MG. 

    Conforme apurou o PLOX, a vítima alegou estar devendo drogas, mas se negou a fornecer informações aos policiais militares. 

    No momento em que a viatura policial chegou no local, com a informação de uma pessoa baleada, o rapaz foi encontrado no chão, bastante ensanguentado. 

    Foto enviada ao Whatsapp do PLOX

     

    Foto enviada ao Whatsapp do PLOX

     

    Uma ambulância do SAMU foi acionada no local e realizou os primeiros atendimentos. A vítima foi estabilizada e encaminhada ao Hospital José Maria Morais. O suspeito de efetuar os disparos ainda não foi identificado. A Polícia Militar (PM) segue em diligências na tentativa de localizar o suspeito.

    Foto enviada ao Whatsapp do PLOX

     

    Homem morto a pedradas em Fabriciano

    Segundo a PM, os militares compareceram ao local do fato e testemunhas relataram que, por volta de 22h30min dessa quinta-feira, ouviu um forte barulho no portão da residência e, ao ver do que se tratava, encontrou o homem caído ao solo, agonizando e com muito sangue na cabeça.

    De acordo com a PM, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), compareceu ao local e atestaram o óbito. Em diligências, uma pessoa ligada ao homem relatou que ele estava vivendo na condição de morador de rua, não tendo domicílio fixo, e que ele seria usuário de drogas e que não tem informações sobre algum desentendimento da vítima.

    A perícia foi acionada e, segundo consta no boletim de ocorrência, o perito relatou que havia um corte profundo na cabeça da vítima e que a causa morte da vítima teria sido pancadas na cabeça. No local foram encontradas duas pedras, comumente usadas em calçamento de ruas.

    Após os trabalhos de praxe, o corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal. Ainda não se sabe quem é o suspeito do crime e nem qual seria a motivação.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]