Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem tenta matar ex-companheira pela segunda vez e acaba preso em Coronel Fabriciano

    A mulher já vinha sofrendo ameaças do ex-companheiro por não aceitar o fim do relacionamento

    Por Plox

    13/09/2021 11h18 - Atualizado há 7 dias

    Foi preso, por volta de 17h desse domingo (12), o homem de 52 anos acusado de tentar matar a ex-companheira a facadas dentro do bar onde ela é proprietária. Segundo a polícia, ele estava indo até a casa da vítima para tentar esfaqueá-la novamente. O fato aconteceu na avenida Magalhães Pinto, no Melo Viana em Coronel Fabriciano, Minas Gerais.

    Entenda

    Como já noticiado pelo Plox, a vítima foi atingida no pescoço, a poucos centímetros da artéria carótida, e o suspeito fugiu do local. O 58º Batalhão recebeu ligações de terceiros relatando uma tentativa de homicídio, informando que um homem, identificado como José Carlos Araújo, teria dado uma facada em sua ex-companheira. Ao chegarem no bar, a mulher já tinha sido encaminhada ao Hospital José Maria de Morais.

    De acordo com as informações levantadas pela Polícia Militar, a vítima é a proprietária do estabelecimento onde o crime aconteceu. Ela foi levada ao hospital por populares, apresentava uma perfuração de faca e, segundo relato médico repassado aos policiais, o ferimento foi a poucos centímetros da artéria carótida.

    Conforme relatado por uma testemunha, ela avistou o suspeito chegando no bar e avisou a vítima para tomar cuidado. A testemunha também disse que o ex-companheiro da vítima entrou no estabelecimento, retirou uma faca da cintura e desferiu um golpe na mulher. 

    Nesse momento, a testemunha interveio na ação e arremessou uma cadeira no suspeito, conseguiu segurá-lo, porém, ficou ferido em uma das mãos. O homem conseguiu se desvencilhar e fugiu do local, sentido a rua Três Corações, no bairro São Domingos.

    Em conversa com a vítima, a mesma disse aos militares que está em processo de separação do suspeito, que não estaria aceitando o fim do relacionamento. Ela ainda disse que o suspeito teria saído da cadeia recentemente, onde estava preso por descumprimento de medida protetiva, que ela tem em desfavor dele.

    A mulher também relatou que, na manhã deste domingo, o suspeito teria lhe enviado mensagens de áudio a ameaçando, com os dizeres: "se você não retornar para casa, eu vou voltar a Itabira, pedir demissão, comprar um revólver, te mato e depois suicido".

    Ainda segundo os relatos da vítima, no momento em que se deslocava para abrir o bar, o suspeito teria entrado na frente de seu veículo, tendo feito ameaças. Depois disso, o homem teria entrado no bar, ela disse para ele não entrar para a parte interna do balcão, porém, o ex-companheiro sacou uma faca da cintura e a golpeou. Ela também afirmou que o desfecho só não foi pior devido a clientes terem intervindo na situação.

    Informações apuradas pelo Plox dão conta de que o suspeito estaria com prisão preventiva decretada, porém, teria saído. A motivação da prisão seria uma outra tentativa de homicídio contra a vítima.

    Diante das informações, os policiais iniciaram diligências para localizar o suspeito do crime. Até o fechamento da matéria o suspeito não foi localizado. O estado de saúde da vítima é estável.

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]