Personal trainer assassinada por vizinhos levou mais de 30 facadas

14/08/2020 10:20

Andressa Serantoni foi morta após questionar o porquê de sua vizinha estar filmando a vizinhança com o celular. Depois disso, marido da suspeita teria entrado na briga e a matado a

Rio - A personal trainer Andressa Serantoni, de 28 anos, morta a facadas em uma briga com vizinhos na quarta-feira foi golpeada mais de 30 vezes pelo casal. O crime aconteceu em Vila Anchieta, em São José do Rio Preto, em São Paulo. As informações foram obtidas pela TV TEM

Personal trainer foi assassinada a facadas no interior de São Paulo - Reprodução Instagram

Personal trainer foi assassinada a facadas no interior de São Paulo - 

A briga teria começado após a vítima, Andressa Serantoni, questionar o porquê da suspeita estar gravando a vizinhança com o celular. Segundo testemunhas, sem motivos aparentes, o marido da suspeita entrou na discussão e começou a esfaquear a mulher enquanto a esposa a segurava.

A polícia foi acionada e o socorro chamado, mas Andressa, ferida com diversos golpes, morreu ainda no local do crime. Quando os policiais chegaram, pularam o muro da residência dos suspeitos e chamaram o casal, que estava sentado na sala e se escondeu. Após horas de negociação, os dois foram presos em flagrante por homicídio qualificado.

Além do casal, quatro filhos dos suspeitos, todos menores de idade, também estavam na casa após o crime. Eles foram encaminhados ao Conselho Tutelar de São José do Rio Preto.

Fonte: https://odia.ig.com.br/brasil/2020/08/5970380-personal-trainer-assassinada-por-vizinhos-levou-mais-de-30-facadas.html#foto=1