Lei obriga Gusttavo Lima a resolver divórcio judicialmente

Mesmo o sertanejo desejando se separar “de boa” e “em paz” algumas questões só são decididas na justiça

Por mbps

14/10/2020 13h34 - Atualizado há 5 dias

Mesmo o cantor Gusttavo Lima revelando que não irá à Justiça contra Andressa Suita e que deseja resolver tudo pessoalmente sobre o divórcio, o embaixador é obrigado a dar entrada no divórcio judicialmente, para garantir o diretos de seus dois filhos, Gabriel e Samuel.

“Tem que pagar R$ 100 mil de pensão? Eu vou pagar e acabou… E isso não é coisa que tem que ir para juiz. Eu resolvo com ela. Andressa também tem direito a uma pensão, tudo bem, eu pago. Eu só quero ficar de boa. Ficar em paz”, afirmou Gusttavo Lima.

Foto: Reprodução

 

A justiça exige que o divórcio entre casais com filhos seja feito judicialmente para que o Ministério Público possa atuar como fiscal da lei e garantir que os interesses das crianças sejam respeitados e resguardados. “O acordo feito na justiça será de Divórcio, cumulado com Partilha de Bens, Guarda, Regulamentação de Visitas e Pensão. O Juíz que decidirá tudo isso e dará a sentença”, explicou o advogado Wesley Lima Verde, especialista em Direito da Família.

Gusttavo foi criticado pela forma que terminou seu casamento de 5 anos, mas garantiu que fará um acordo com Andressa e está disposto a pegar pensão também para ela, questão que também foi criticada pelo advogado.

“Um acordo de boca não tem segurança jurídica. Andressa poderá ser prejudicada futuramente, se o cantor não cumprir com o que a prometeu a modelo não poderá fazer nada para cobrar o valor que eles combinaram”.

O especialista alerta para a importância do acordo de divórcio feito judicialmente, “os direitos e obrigações do cantor devem ficar claros na justiça, assim como os de Andressa e de seus filhos”, finalizou o advogado Wesley Lima Verde.

Fonte: https://jornaldebrasilia.com.br/clica-brasilia/celebridades/lei-obriga-gusttavo-lima-a-resolver-divorcio-judicialmente/
PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2020